Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..
DestaquePlayStationReviewSwitch

Process of Elimination | REVIEW

Continua após a publicidade..

Reúnam-se, detetives! Um serial killer está à solta, e precisamos da ajuda de todos os melhores detetives para desvendarmos esse mistério, no mais novo jogo de detetive da competente equipe da Nippon Ichi Software: Process of Elimination.

  • Jogo: Process of Elimination
  • Desenvolvedora: Nippon Ichi Software
  • Publicadora: NIS America
  • Lançamento: 11/04/2023
  • Número de Jogadores: 1
  • Gênero: Mystery Adventure
  • Plataformas: PS4, Switch
  • Site Oficial: Aqui

O Mal Está à Solta…

A história gira em torno de uma misteriosa onda de assassinatos, orquestrada por um assassino anônimo, que se declara como Quartering Duke. Por meio de transmissões ao vivo, o serial killer aprisiona e mata cruelmente uma série de vítimas, sem que ninguém consiga identificá-lo. Esses assassinatos se tornaram populares entre os jovens, e logo muitos jovens começaram a querer se inspirar no Quartering Duke, causando novas séries de assassinatos. De modo a conter essa onda crescente de violência, o governo formou a Detective Alliance, uma aliança formada pelos principais detetives do país. Juntos, eles têm a missão de localizar e prender o verdadeiro Quartering Duke, além de seus asseclas espalhados pelo país.

Nosso protagonista é Wato Hojo, um jovem aspirante a detetive que foi recém convocado a fazer parte da ilustre equipe da Detective Alliance. Inspirado a se tornar um detetive por causa de um trauma de infância, Wato não possui nenhuma grande habilidade, ao contrário dos seus parceiros de profissão, que parecem integrar uma equipe de super-heróis. Sua principal habilidade é limpeza, e sua principal qualidade é a amizade sincera.

… E Mais Perto do que Se Imagina

Porém, o inesperado (não tão inesperado assim) acontece: Quartering Duke consegue encurralar todos os 14 detetives dentro da própria base de operações deles! Agora, com os 14 detetives trancafiados, mais e mais mortes começam a ocorrer… Entre eles! O Quartering Duke está infiltrado entre os maiores detetives do país, e todos estão trancados em uma mansão enorme repleta de segredos, armadilhas e perigos.

Process of Elimination é, acima de um tudo, um visual novel. Então, espere por muito, mas muito diálogo mesmo, como é esperado de um jogo do gênero. Toda a história é contada bem devagar por meio de intrincados diálogos entre os personagens, e narrações do protagonista. Todos os diálogos são excelentemente dublados em japonês, e todo o texto se encontra em inglês. Então, obviamente, precisará conhecer inglês para poder aproveitar o jogo, assim como todos os visual novels existentes no mercado.

Um Time de Super Detetives

O elemento mais importante de um visual novel é o seu elenco, e diante disso, Process of Elimination é uma excelente pedida. O elenco é formado por detetives, e não são quaisquer detetives. São super detetives, entre os melhores do país. Cada um é dotado de uma série de super poderes, que lhe conferem vantagens únicas. A Rowdy, por exemplo, possui uma força sobre-humana, assim como é dotada de uma super visão, olfato e audição muito acima de uma pessoa comum. A Bookworm possui uma memória fotográfica fantástica, capaz de se lembrar de qualquer detalhe de uma coisa que ela só viu por poucos segundos. O Doleful é capaz de atrair e pressentir o perigo, ao mesmo tempo em que possui um talento natural de sobreviver a qualquer coisa que ameace a sua vida. E assim por diante. Cada habilidade única e especial marca a personalidade de cada um dos personagens do jogo.

Como um fã de visual novels, principalmente do gênero de mistério, posso afirmar que o elenco de Process of Elimination é muito diverso e interessante. Temos os mais variados estereótipos, com cada detetive deixando bem claro o seu posicionamento acerca dos temas e trazendo os sempre bons conflitos entre o grupo. Cada personagem é único e possui uma personalidade de destaque, o que faz com o que time seja bem maluco e variado, mas coeso e interessante de se acompanhar. Vale mencionar que esses detetives estão acostumados a solucionar casos sozinho e independentemente, e agora serão forçados a trabalhar juntos para resolver o maior mistério de suas vidas.

Um Quase Danganronpa?

Se hoje em dia jogos do estilo visual novel com mistério não são absolutamente desconhecidos por parte de muitas pessoas, o sucesso se deve a alguns jogos que conseguiram um status de referência no quesito. Como um apaixonado por visual novels, não posso deixar de mencionar as semelhanças entre Process of Elimination com uma franquia bem conhecida e popular do gênero, Danganronpa.

Caso não conheça Danganronpa, ele também envolve um grupo de personagens com personalidades marcantes que ficam presos em um local específico com um serial killer. Mortes acontecem o tempo todo, e cabe aos próprios personagens investigarem o ocorrido para descobrir quem realizou cada assassinato. O mesmo enredo acontece aqui em Process of Elimination. Conforme os personagens morrem, os restantes precisam investigar para chegar à conclusão sobre o que de fato aconteceu, mesmo que não seja às vezes possível descobrir de imediato a identidade do assassino.

Então, semelhanças certamente são cabidas aqui, principalmente quando podemos perceber sutis referências aos demais jogos do gênero. As rivalidades entre diferentes estereótipos de personagens, os comportamentos “forçados” de alguns, que geralmente servem como indicativo de suas reais intenções, assim como o jogo sempre tenta fazer parecer que a história está ficando óbvia demais até que acontece uma baita reviravolta muito inesperada, e tudo muda de figura. Quem for fã de Danganronpa, não precisa temer: Process of Elimination bebe muito bem dessa incrível fonte.

Muitos Sherlock Holmes e Watsons

Bem, e você deve estar se perguntando como funciona os momentos de investigação do jogo. Afinal, é um jogo de mistério com um elenco lotado de detetives! Pois bem, as investigações são em formato de tabuleiro, e os detetives se movem por turnos, de acordo com suas características. Cada detetive possui seus atributos, que definem quantas casas eles conseguem andar, e qual é o nível deles de investigação ou de análise. Esses atributos são inatos de cada personagem e não podem ser alterados ou incrementados ao longo do jogo. São simplesmente habilidades distintas de cada um.

Há um tempo limite para realizarmos as ações necessárias, identificado pela passagem de “horas” após cada assassinato. Se a equipe de detetives não identificar o que aconteceu nesse tempo, será um Game Over. Sim, é possível “morrer” no jogo, aliás, encontrará diversos obstáculos e empecilhos na sua investigação. Há uma série de armadilhas espalhadas pelo local, e se der um passo em falso, isso pode resultar na morte de um dos personagens, o que representa Game Over também.

Com a cena do crime sempre separada por cômodos, é preciso dividir os detetives para cada local, de modo a poder completar a investigação a tempo. A escolha sobre o que fazer com cada personagem, sempre tendo em mente seus pontos fortes e fracos, faz com que essa gameplay se assemelhe a um jogo de estratégia, ou quebra-cabeça. Se você precisa analisar uma pista ou local, então precisará levar para lá um detetive que tenha alto nível de análise, enquanto, caso queira inferir sobre um acontecimento, precisará de detetives fortes nesse quesito. Outros detetives podem ser muito bons em ajudar outros detetives, então esses precisam sempre acompanhar aqueles que mais precisam de ajuda. A investigação se baseia basicamente em alocar os detetives corretos para cada tarefa, evitando as armadilhas e dentro do tempo estipulado. Conforme a investigação avança, surgem novas pistas e elementos, e será preciso pensar bem antes de cada movimento.

Ao final da investigação, tudo começa a fazer mais sentido com relação aos que ficaram. Cabe ao jogador juntar as peças e formar sua ideia sobre o ocorrido. Diferentemente de Danganronpa e outros jogos similares, não haverá um tribunal, e sim apenas uma série de conversas com perguntas e respostas de múltipla escolha. Acerte as perguntas para avançar os diálogos, mas se errar algumas perguntas consecutivas, será Game Over. Parece algo banal, mas essa foi a forma encontrada pelo jogo para fazer avançar a história do jogo nesse gato-e-rato entre detetives. Às vezes, as informações necessárias para chegar ao assassino ou responder algum questionamento não está nas pistas em si, e sim em algum detalhe que foi dito em algum diálogo anterior ao crime e pode ter passado desapercebido pela grande maioria, então, por via das dúvidas, preste atenção em cada fala e em cada comportamento “estranho” por parte dos personagens, pois isso pode ser imprescindível para conseguir solucionar os crimes.

Visual Caprichado, e Novel Também

Mas e como essa mistura de visual novel com investigação se sai? Muito, mas muito bem! Process of Elimination é um excelente visual novel que fica apenas um pouco atrás dos melhores entre seu gênero, na minha opinião. Os gráficos do jogo são belíssimos, o estilo de arte inconfundível da Nippon Ichi Software está muito bem caracterizado aqui, tanto nos cenários quanto nos personagens. A dublagem está de excelente qualidade, trazendo bastante vida aos personagens. A parte sonora também é o grande charme do game, com excelentes composições trazendo a sensação ideal para cada cena, seja em momentos de tensão ou de descontração entre os membros da equipe. Como o jogo segue uma montanha-russa, alternando momentos de mistério com pitadas de humor, a escolha foi ideal.

Na parte técnica, o jogo se mantém sempre com muita qualidade, com excelentes animações. A história é a cereja do bolo e mantém o jogador sempre ansioso pelos próximos acontecimentos. O ritmo do jogo começa bem lento, conforme os personagens são apresentados com diversas cenas, deixando claro seus estereótipos, mas vai ficando mais rápido conforme a história segue.

Um fato que me incomodou um pouco é o de não poder salvar o jogo durante as investigações e o debate final imediatamente após as investigações. Se a ideia era não permitir que o jogador voltasse o save cada vez que errasse uma resposta, pode ser, mas outros jogos do mesmo gênero permitem que o jogador salve a qualquer momento, o que ajuda muito quando se tem diálogos expositivos muito longos. E esse é o caso aqui, o jogo possui diversas cenas e diálogos sem a possibilidade de salvar o jogo. Caso precise parar de jogar, existe uma função de simplesmente avançar rapidamente o diálogo, chegando aonde parou em questão de segundos, também.

Quanto à dificuldade do jogo, vale mencionar que o jogo surpreende por diversas vezes. O jogo não possui muitas investigações, mas elas ficam mais complexas e interessantes conforme o jogo avança. Por mais que o sistema de tabuleiro do jogo pareça simples inicialmente, e na verdade é bem simples mesmo, o jogo é repleto de armadilhas. Diversas escolhas erradas podem ser feitas durante a investigação, o que resultará na morte de um dos personagens e um Game Over. Às vezes, analisando uma evidência, poderá iniciar uma armadilha fatal. Em outras, se não tomar uma atitude rápida com um personagem a tempo, outro personagem poderá morrer. E a cada erro, uma oportunidade de recomeçar e tentar fazer tudo diferente. Não espere um jogo fácil.

Infelizmente, o jogo não apresenta muitos motivos para se jogar novamente, uma vez que feche o game. Mas a história é boa e os acontecimentos inesperados tornam a experiência de jogar Process of Elimination muito boa e gratificante. Um grande jogo de mistério.

Process of Elimination – Vale a Pena?

Process of Elimination é um excelente visual novel de mistério que não deixa nada a desejar em comparação às suas principais referências. Recomendo imensamente a todos os fãs do gênero, principalmente de Danganronpa, pois há muita qualidade aqui. Uma bela história, um grande elenco, muitas reviravoltas e quebra-cabeças intrigantes lhe esperam nesse game.

Process of Elimination foi avaliado através de uma cópia gentilmente cedida pela NIS America – Agradecemos a cordialidade!

Confira também nossos outros reviews.

Process of Elimination

Gráficos - 9.5
Jogabilidade - 9.5
Diversão - 10
Som - 9.5
Dificuldade - 9
Fator Replay - 8

9.3

Process of Elimination é um excelente visual novel de mistério que não deixa nada a desejar em comparação às suas principais referências. Recomendo imensamente a todos os fãs do gênero, principalmente de Danganronpa, pois há muita qualidade aqui. Uma bela história, um grande elenco, muitas reviravoltas e quebra-cabeças intrigantes lhe esperam nesse game.

User Rating: Be the first one !

João Paulo Solano Lopes Filho

Sou um fã de videogames desde que me conheço por gente, principalmente de RPGs. Tento convencer os meus pais e a mim mesmo que não sou um viciado (acho).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo