Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..
DestaqueReview

Raiden V: Director’s Cut | REVIEW

Continua após a publicidade..

Se existe um game shmup conhecido pela maioria dos jogadores em geral, esse game é Raiden. A franquia passou por gerações de consoles e jogadores e até hoje tem uma legião apaixonada de fãs, e ainda consegue cativar novos jogadores. Raiden V: Director’s Cut é a versão definitiva do game lançado em 2016, recheado de novidades e com conteúdos unicos. Bora conferir o que o game tem de melhor a oferecer.

  • Jogo: Raiden V: Director’s Cut
  • Desenvolvedora: MOSS
  • Publicadora: MOSS, UFO Interactive Games, PQube
  • Lançamento: 09 outubro 2017
  • Número de Jogadores: 1 a 2 offline
  • Gênero: Shmup, Shoot n’ Up
  • Plataformas: Switch, PS4, XBO, PC
  • Site OficialAqui

A Guerra continua

A história de Raiden V segue os jogos anteriores da franquia, sendo o primeiro jogo a ter uma história detalhada. Personagens nomeados se envolvem em um diálogo, com a narração durante a gameplay. A história dá corpo a vários elementos narrativos que não foram explicados em jogos anteriores, como a origem do projeto Fighting Thunder e os motivos dos Cristais. Dependendo da rota tomada pelo jogador, a história muda ligeiramente sem afetar a jogabilidade, pois os personagens se tornam mais conscientes dos verdadeiros motivos uns dos outro quanto maior for a classificação de um determinado estágio.

A história do jogo se passa 17 anos após o início da guerra da humanidade contra os Cristais. O Vanquish Crystal Defense, ou VCD, aguarda uma ordem de ataque para lançar o Fighting Thunder para ajudar o exército norte-americano, dizimado pelos ataques dos Crystals. A bordo da nau capitânia do VCD, o Bellwether, o comandante Richard “Max” Maxwell e a oficial de comunicações Eshiria Portman lamentam que o VCD e os Fighting Thunders estejam sendo retidos durante o que eles consideram uma contaminação de Cristais muito maior do que no passado. Vale ressaltar que podemos ter vários finais, dependendo do desempenho do jogador durante o jogo.

Raiden V: Director’s Cut se inicia com uma bela apresentação no melhor estilo anime, cheia de ação e com uma música que já tenta mostrar o ritmo do jogo. Tudo muito bem feito, nos fazendo lembrar de outros games do gênero. Entretanto, as cores do game são um pouco duvidosas, passando bem longe de um tom sóbrio.

Inicialmente temos 3 naves a nossa disposição, e como já é de costume, podemos estar customizado algumas coisas em cada uma delas. O mais importante é nosso armamento, podemos escolher entre 3 armas e suas variações. Já nesse momento, podemos perceber como o game vai se desenrolar, as coisas parecem um pouco confusas, muito disso pelo grande acumulo de informações já nessa tela de seleção.

O acesso a essa customização das armas é bem interessante, pois atenderá diversos tipos de jogadores, pois temos desde armas mais fracas, mas que abrangem boa parte da tela, ou armas mais concentradas, mas com um poder de destruição maior. Para quem jogou Raiden nos arcades, as cores ainda servem para distinguir as armas, bem legal.

Atirando em tudo e em todos

Ao entrar na tela de gameplay, evidenciamos que apesar de tanto tempo passado após o lançamento do Raiden Original, os Dev ainda preservaram boa parte da identidade visual do jogo. Claro que apesar de as coisas estarem lá, estão de uma forma diferente, mais moderna, digamos.

As barras laterais características da franquia estão presentes, e cheias de informações, mas cheia mesmo! O game tenta passar a impressão de estarmos em uma cabine de uma nave de ataque, com diversas informações, que vão desde nossa barra de Shield, até diálogos com nossa base de comando, e outras funções meramente estéticas. Com tudo isso na tela, infelizmente as coisas acabam não funcionando muito bem.

Esse acumulo de informações acaba deixando o game confuso e desorganizado. Além disso, como temos muitas coisas acontecendo na tela, pois o game é frenético, e os inimigos não param de investir contra você. É muito difícil acompanhar todas as informações e além disse, tem a equipe de apoio que fico conversando com você, mais tirando sua atenção que ajudando.

Raiden V: Director’s Cut – Games Ever

Deixar esses instrumentos de lado e se concentrar apenas no jogo, proporciona mais diversão do que tentar acompanhar ambos. Já na primeira fase deixei de verificar esses instrumentos para me concentrar em desviar e destruir as dezenas de hordas inimigas. Só olhava esses instrumentos no final ou começo de cada nível. Outro fator que ajuda a confundir o jogador, é quando a game acelera. Tente não se confundir em meio as cores vibrantes, dezenas de tiros, e uma velocidade alucinante… Hell!

Falando sobre os inimigos, eles são diversificados na sua forma, mas a maneira de atacar é praticamente a mesma. Os projéteis são geralmente lançados da mesma maneira, e as coisas começam a ficar difíceis quando esses inimigos começam a atacar em grupos. O acumulo de projéteis não é tanto o problema, mas sim as cores dispostas na tela, elas confundem muito. Essa é uma dificuldade que acompanhará você durante todo o jogo.

Raiden V: Director’s Cut – Games Ever

Um game divertido

As fases são curtas, divididas em sub fases que terminam com um Boss, geralmente gigantesco e agressivo, mas não tão difíceis quanto aparentam. Você ainda pode configurar a quantidade de bombas lá no início, então as coisas ficam ainda mais fáceis. Jogando no Normal, o game é bastante generoso e com uma curva de dificuldade bem tranquila, evidenciando a diversão.

Poder mudar de armas é um fator extremamente divertido, e o mais legal é que mesmo se você mudar de armamento em níveis mais elevados, o jogo é generoso em providenciar que você tenha chances de seguir em frente sem ser punitivo. Elevar as armas ao nível máximo de força é algo bastante satisfatório, pois você conseguirá perceber a diferença a cada upgrade conseguido.

Para melhorar ainda mais, caso você morra e escolha usar continue, você inicia com as armas no mesmo nível em que morreu, ou seja, suas chances de se de não precisar usar um continue novamente são altas, nem mesmo seu score é resetado. Uma benção, não? Mesmo nas dificuldades mais elevadas, o game permanece divertido, pois você é incentivado a continuar mesmo quando você é derrotado.

Raiden V: Director’s Cut – Games Eever

Além de tudo isso, você ainda pode contar a assistência de tiro, chamada de Cheer Call, uma ajuda providencial nos momentos mais complicados do jogo. Essa assistência fica disponível conforme você vai destruindo naves inimigas no jogo.

Raiden V: Director’s Cut – Vale a Pena?

Raiden V: Director’s Cut é um daqueles games que trazem uma diversão impar ao jogador, seja ele casual ou hardcore, mas que por ser um de um gênero de nicho, acaba ficando escondido em um canto de qualquer loja de games, seja no console ou no PC. O game é uma digna homenagem a uma franquia que persiste ao tempo, aos consoles.

Existem deficiências no jogo, elas são evidentes, mas ao invés de atrapalhar a diversão, elas apenas deixam o game menos divertido. A Cores escolhidas para o jogo não se mostraram boas, por atrapalharem o andamento da gameplay. Além disso, um painel de instrumentos mais enxuto ajudariam o jogador entender melhor tudo que o jogo está oferecendo.

Ademais, o jogo oferece desafio para o jogador mais casual, sem esquecer aquele gamer que adora se pôr a prova. Se você gosta de jogo de navinha, Bullet Hell, Shoot n’ Up, Shmup ou qualquer outra nomenclatura para definir Raiden, pode jogar tranquilo, a diversão é garantida.

Raiden V: Director's Cut | REVIEW

Gráficos - 60%
Jogabilidade - 70%
Diversão - 80%
Longevidade - 80%

73%

BOM

Um tradicional Shmup, mas com propósito de atender os jogadores casuais, sem esquecer dos hardcores. Não é um game excepcional, mas está acima da média.

User Rating: Be the first one !

Marcelo Souza

Apaixonado por jogos e consoles desde 1990. Quando não esta escrevendo em algum site de games, esta jogando ou ensinando o Felipe a jogar.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo