REVIEW | Forsaken 64

REVIEW | Forsaken 64

O Nintendo 64 é um console com games fantásticos, jogos como Mario 64 e Zelda: Ocarina of Time colocaram o console da Nintendo como um dos mais amados entre os gamers. Entretanto, sabemos que esse mesmo console tem jogos que apesarem de serem acima da média, acabaram ofuscados pelo grande sucesso do PlayStation.

Hoje vamos falar de um desses jogos, Forsaken é um jogo que merece sua atenção, e foi um dos games que mais curti no console. Confira nosso Review de Forsaken.

  • Jogo: Forsaken 64
  • Desenvolvedora: Acclaim Studios London, Acclaim Studios Teesside, Nightdive Studios
  • Publisher: Nightdive Studios, Acclaim Entertainment
  • Lançamento: 01/05/1998
  • Numero de Jogadores: Single Player, 4 jogadores multiplayer local
  • Gênero: Shooter 3D
  • Plataformas: Nintendo 64, PlayStation, PC

Nintendo e Acclaim – Uma parceria de sucesso

A Acclaim foi uma das parceiras da Nintendo no N64. Como sabemos, o console de 64 Bits da Nintendo sofreu com a falta de grandes desenvolvedoras Thrd Parties. A Acclaim foi uma das desenvolvedoras que continuou a lançar seus jogos no console.

O jogo foi desenvolvido pela Iguana, um estúdio subsidiário da Acclaim. O jogo também foi lançado para PC e para PlayStation, mas a versão de Nintendo 64 tem algumas peculiaridades e melhorias com relação as outras versões.

Forsaken 64

Ademais, Forsaken 64 é um game de tiro 3D com controles que podem ser usados em 360°. Para quem conhece, o game é altamente influenciado pelo jogo Descent. Entretanto, quem jogou Forsaken acabou por melhorar em muito o que Descent fez anteriormente.

Ademais, uma versão para Sega Saturn do jogo foi anunciada, mas acabou sendo cancelada como parte da retirada geral do suporte do sistema por parte da Acclaim. Isso aconteceu em parte, quando a SEGA anunciou oficialmente que o Saturn não estava mais no futuro da empresa, que focava no novato Dreamcast.

The Swarm ( Dominic Glynn e Stephen Root) tocou e produziu a trilha sonora de Forsaken, que apresenta faixas dinâmicas de bateria e baixo e música eletrônica . Um álbum com muitas das faixas originais e remixes foi lançado pela No Bones Records.

Por fim, o game quase ganhou uma sequência, que foi permanentemente descartados quando Acclaim fechou o estúdio em 2002.

Forsaken


Historia – Um futuro distante

A maioria dos games de Nintendo 64, não foram pensados para ter um grande enredo, e com Forsaken não foi diferente. A historia do jogo é apenas um pano de fundo para o jogo existir, portanto não espere por um grande enredo ou grandes acontecimentos dentro da historia do jogo.

Em um futuro distante, o avanço da ciência excedeu a capacidade da humanidade de controlá-lo. Durante um experimento subatômico , um acidente causa uma reação de fusão incontrolável, destruindo totalmente a superfície do planeta Terra.

Um ano depois, a Terra foi classificada como “condenada” pela teocracia imperial dominante, o que significa que agora é legal para qualquer pessoa salvar o que restou no planeta.

Com isso mercenários de todo o mundo vêm para atacar o planeta morto, forçados a lutar não apenas entre si, mas também contra os robôs sentinelas que o governo deixou para trás, por exemplo.


Gráficos e Gameplay

Pode parecer confuso, mas ao mesmo tempo que Forsaken 64 tem bons gráficos, esses mesmos gráficos acabam atrapalhando. O jogo se passa totalmente em ambientes fechados, até ai tudo bem, mas partido disso, vários fatores tornam o game cansativo.

O jogo tem gráficos coloridos e cheio de detalhes, o problema é que sua nave acaba se misturando a essas cores, e perder sua nave de vista é algo que vai acontecer diversas e diversas vezes. Em muitos momentos você é atingido por projéteis sem ao menos perceber, pois eles estão definitivamente invisíveis devido as cores da tela.

Outro detalhe que não dá para compreender, é por que o game não tem um mapa na tela. Você esta em um labirinto, enclausurado por paredes, teto e piso, e não tem um mapa que indica aonde você deve ir, e aonde seus inimigos estão. Isso é realmente uma pena, pois você acaba passando mais tempo tentando se localizar, que verdadeiramente jogando.

A favor dos gráficos conta as texturas. Apesar de haver algumas quebras e borrões, o game esta acima da média de muitos jogos do Nintendo 64.

De Um a Quatro Gladiadores

O Nintendo 64 tem 4 portas para controles, com isso Forsaken 64 foi imaginado para term um multiplayer local. O jogo tem vários modos multiplayer: Free For All (deathmatch), Team Game, Capture The Flag, Flag Chase, Bounty Hunt, and Team Bounty Hunt.

Entretanto, todos esses modos cansam bem rápido, e acabam ficando obsoletos. A verdade é que esses modos parecem ter sido colocados lá apenas para preencher um espaço. Todos os modos são confusos, e você fica mais tempo perdido que realmente jogando.

Novamente não tem como não sentir a falta de um mapa, radar ou qualquer coisa do tipo que ajude você a se situar. É realmente frustrante quando você passa algum tempo perdido sem saber aonde ir. Principalmente quando você já esta interessado em iniciar uma nova partida.


Controlando a Jogabilidade

Aqui temos um game tipicamente do Nintendo 64. Os controles são bem abrangentes, com um punhado de possibilidades. Entretanto tudo fica complicado quando você é obrigado a se adaptar a uma configuração única. Novamente não dá para compreender por que não podemos configurar o controle.

A alavanca do controle é usada para apontar a direção que você deseja que seu veículo siga. Manter o botão A pressionado faz você ir para frente e o botão B faz você ir para trás. O grupo C permite que você trafegue em quatro direções. O botão R é usado para disparar sua arma especial, e o gatilho Z é o principal método de ataque.

O painel de controle é usado para trocar suas armas primárias e para trocar suas armas secundárias. Sendo assim, você é obrigado a se adaptar a essa configuração.

Ademais, o jogo consiste em diferentes objetivos para diferentes missões. O objetivo do primeiro nível é simplesmente destruir todos os inimigos. Mas o objetivo do segundo nível é encontrar uma bomba, ativá-la ao lado de um escudo de defesa e voltar ao início antes que ela exploda. As missões futuras terão você protegendo um drone, defendendo um reator, por exemplo.

Navegar pelos níveis em Forsaken 64 significa que você terá que se manter alerta. Ficar parado neste jogo não é uma boa opção.


Difícil, da maneira errada!

Forsaken 64 é um game relativamente difícil, porém da maneira errada. O game exerce sua dificuldade, não por ter inimigos que exigem de você habilidade, mas sim por que eles estão misturados em meio a locais quase impossíveis de se ver por que os gráficos não ajudam.

Outro exemplo é o controle, mesmo tendo uma gama boa de possibilidades e ação, não poder customizar os botões, acabam dificultando a curva de aprendizado. Para piorar, temos uma dificuldade que chega a ser incrédula.

Em Forsaken 64 você só pode salvar o jogo de quatro em quatro níveis. Isso mesmo, você precisa passar quatro fases para poder salvar seu avanço. Se você passar duas fases, e por algum motivo, precisar desligar o console, você não tem como salvar esse progresso. Enfadonho.

Além disso temos a falta do bendito mapa, que por vezes torna tudo mais difícil. Por esses e outros motivos menos relevantes, Forsaken 64 é um jogo que tem uma dificuldade desbalanceada e sem razão.


Forsaken 64, Vale a Pena?

Dizer se Forsaken 64 ainda vale a pena é algo bem particular. O game não envelheceu bem, e atende apenas a pessoas que realmente estão interessadas no jogo.

O game é divertido, mas sua curva de aprendizado é um pouco difícil, e além disso, não poder salvar o jogo a cada fase superada é algo que atrapalha muito. Além disso, os controles podem ser confusos.

Vale ressaltar que conhecer o jogo não custa quase nada. Mesmo que você não goste, a experiência não vai ser pior do que não conhecer o game. Particularmente gosto do jogo, mas confesso que passar muito tempo jogando é algo complicado. Agora é com você.

Overview

Jogabilidade
7 / 10
7%
Gráficos
5 / 10
5%
Som
8 / 10
8%
Diversão
5 / 10
5%
Nota Final
6 / 10
6%
Marcelo Souza

Marcelo Souza

Apaixonado por jogos e consoles desde 1990. Quando não esta escrevendo em algum site de games, esta jogando ou ensinando o Felipe a jogar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *