Atualização deve chegar nessa semana.

A Sony Interactive Entertainment permitirá o suporte à taxa de atualização variável para jogos do PlayStation 5 por meio uma atualização de software do sistema que deve ser lançada nos próximos dias, conforme anunciou a empresa .

Com a atualização instalada, a taxa de atualização variável será ativada automaticamente para jogos compatíveis se o console estiver conectado a uma TV ou monitor compatível com HDMI 2.1 VRR. Ele também pode ser desabilitado na seção “Tela e Vídeo” nas configurações do sistema.

Você também pode optar por aplicar o suporte à taxa de atualização variável a jogos do PlayStation 5 que não o suportam diretamente, o que pode melhorar a qualidade do vídeo para alguns jogos. Vale ressaltar que se ativar a função resultar em efeitos visuais inesperados, a opção pode ser desativada a qualquer momento.

A taxa de atualização variável aprimora o desempenho visual dos jogos, minimizando ou eliminando artefatos visuais, como problemas de ritmo de quadros e rasgos de tela, criando uma jogabilidade mais suave, pois “as cenas são renderizadas sem problemas, os gráficos parecem mais nítidos e o atraso de entrada é reduzido”.

Os jogos do PlayStation 5 lançados anteriormente podem ser totalmente otimizados para oferecer suporte à taxa de atualização variável por meio de um patch, e os próximos jogos podem incluir suporte no lançamento.

Os seguintes jogos estão programados para receber um patch que habilita o suporte à taxa de atualização variável nas próximas semanas:

  • ASTRO’s Playroom
  • Call of Duty: Vanguard
  • Call of Duty: Black Ops Cold War
  • Deathloop (via)
  • Destiny 2
  • Devil May Cry 5 Special Edition
  • DIRT 5
  • Godfall
  • Marvel’s Spider-Man Remastered
  • Marvel’s Spider-Man: Miles Morales
  • Ratchet & Clank: Rift Apart
  • Resident Evil Village
  • Tiny Tina’s Wonderlands
  • Tom Clancy’s Rainbow Six Siege
  • Tribes of Midgard

Clássico do PS1 com troféus A principais notícias do dia 15 de maio