Tate Multimidia é uma desenvolvedora de games independente polonesa que começou sua longa carreira lá em 2000, desenvolvendo o jogo de ação e aventura Kao the Kangaroo. O game se tornou um imenso sucesso na Polônia, sendo o jogo infantil mais vendido do seu ano por lá, e logo a franquia começou a receber mais jogos e se popularizar pelo globo. 22 anos depois, Kao: The Kangaroo tenta ser o novo marco da empresa, lançando mundialmente para os principais consoles e tentando abranger todos os públicos. Será que o jovem canguru Kao tem o que é preciso para ganhar a atenção do mundo? É o que veremos nesse review.

Jogo: Kao the Kangaroo
Desenvolvedora: Tate Multimidia
Publicadora: Tate Multimidia
Lançamento: 27 de maio de 2022
Número de Jogadores: Single Player
Gênero: Action Platformer
Plataformas: PS4, PS5, XONE, XSXS, SW, PC
Site Oficial: Aqui

Carismático e Colorido

Kao the Kangaroo é um jogo de plataforma em terceira pessoa, com doses de ação e aventura. Ele segue o estilo clássico marcado por jogos como Mario 64, Crash Bandicoot e Spyro. O game é dividido em fases, que são acessadas por grandes hubs centrais. Conforme avança, novas hubs se tornam disponíveis e é possível explorar vários mundos diferentes.

O game começa com o nosso canguru protagonista, Kao, tentando resgatar a sua irmã, Kaia. Kao é um canguru praticante de artes marciais, então além de saltitar por aí ele sabe distribuir socos e chutes, e é com esses golpes que Kao enfrenta seus inimigos e irá encarar o mais desafio da sua vida.

Elenco Animal

O elenco do game é repleto de personagens carismáticos e engraçados. Conheceremos Marlene, a mãe superprotetora de Kao, Walt, o seu treinador rabugento, Engenhoca, o cientista desastrado que nos ajuda com suas invenções, e vários outros personagens. Cada um deles é cômico e carismático, como é de se esperar de todo jogo desse tipo. Até mesmo os vilões do jogo são caricatos e divertidos, com um design colorido e bem definido.

Vale ressaltar que o jogo todo é muito bonito e colorido. Os cenários vão de ilhas paradisíacas a perigosos templos abandonados, ruínas em vulcões, florestas tropicais e muito mais. Cada cenário foi caprichado visualmente e o game esbanja qualidade visual em diversos momentos, mesmo que durante algumas animações ele ainda precise de um pouco de refino gráfico. O design das fases e o visual dos personagens está muito bem trabalhado e acima da média.

Saltitando entre Plataformas

Andando pelas fases, irá encontrar diversos itens, como ducados, que são as moedas do jogo para comprar itens na loja. Também há uma série de colecionáveis que podem ser encontrados nas fases. Os colecionáveis do jogo incluem runas, usadas para abrir novas fases, cristais, as letras KAO e pergaminhos com as informações de personagens e também de inimigos. Poderá ver a quantidade de colecionáveis presentes em cada fase a qualquer momento, de modo que é só procurar o que está faltando. Após completar uma fase, sempre poderá voltar para ela e tentar encontrar o que deixou para trás.

Nas lojas, poderá gastar os ducados que conseguiu para comprar diversos itens, sendo o mais útil deles vidas extras. Também poderá encontrar vidas extras nas fases, mas sempre poderá comprar vidas extras na loja, em troca de 500 ducados, sendo uma fonte inesgotável, contanto que tenha dinheiro.

E precisará das vidas extras, já que a morte é uma constante no jogo. É muito fácil morrer, cada fase é repleta de inimigos e armadilhas diversas, e muitas vezes basta encostar em algo nocivo para morrer. Nem toda morte tira vidas, ao cair no ácido, por exemplo, voltará do último checkpoint mas só perderá um coração. Coração é o sistema de vida do jogo. Ao perder todos os corações, aí sim irá perder uma vida. E como a morte será mais comum do que imagina, é bom gastar seu dinheiro com vidas extras, irá precisar.

Para sobreviver mais tempo, é vital coletar fragmentos de coração. Fragmentos de coração estão espalhados pelas fases e também há alguns disponíveis para venda. Ao obter quatro fragmentos de coração, irá ganhar um coração extra de vida, e irá precisar de cada ajuda que puder ter nas fases. Vale a pena explorar bem.

Se estiver com dinheiro sobrando, é possível também comprar novas roupas e acessórios para deixar Kao estiloso. Elas custam uma boa quantia de ducados, então aconselho a deixar para comprar cosméticos quando já tiver um bom suprimento de itens importantes e necessários, como vidas.

Um Boxeador Nato

Há uma boa variedade de golpes e de movimentos que pode executar. Já começa o jogo com pulo duplo, e pode contar com golpes aéreos e o famoso “pisão” no solo. Além disso, Kao sabe manejar bumerangues e arremessar objetos que encontrar pelos cenários, o que será muito útil no combate contra alguns chefes e na resolução de quebra-cabeças pelas fases.

A dificuldade dos quebra-cabeças vai aumentando conforme avança no jogo. Começa bem bobo, do tipo “encontre a alavanca que abre aquela porta”, mas começa a ficar progressivamente complicado. Kao terá de formar símbolos nas pedras, apertar botões em sequência e observar bem o cenário para entender como acionar lasers que precisam atingir um único alvo, por exemplo. Nada complexo demais para esquentar muito a cabeça, mas é uma boa distração para que o jogo não fique só no pula, soca e chuta.

Durante as fases, encontrará Fontes Eternas, que são desafios bônus que rendem mais prêmios. Esses desafios geralmente envolvem matar todos os inimigos ou conseguir passar por uma série de obstáculos para chegar ao final da fase. Completando desafios, ganhará gemas e outras recompensas.

Kao the Kangaroo – Vale a Pena?

Kao the Kangaroo é um jogo muito divertido e interessante, eu o recomendo a todos os fãs de jogos de plataforma. O game foi focado no público mais casual e infantil, mas será uma boa pedida para qualquer idade e experiência com games. Kao the Kangaroo está muito bem feito e atende as expectativas, irá adorar conhecer esse mundo bem desenhado e esses personagens fofos, e terá momentos de muita diversão nesse jogo inspirado nos grandes clássicos do gênero plataforma.

Kao the Kangaroo foi avaliado através de uma cópia gentilmente cedida pela Tate Multimidia – Agradecemos a cordialidade!

Confira também nossos outros reviews.

Kao the Kangaroo

Gráficos - 90%
Jogabilidade - 90%
Diversão - 95%
Som - 90%
Dificuldade - 95%
Fator Replay - 90%

92%

Kao the Kangaroo é um jogo muito divertido e interessante, eu o recomendo a todos os fãs de jogos de plataforma. O game foi focado no público mais casual e infantil, mas será uma boa pedida para qualquer idade e experiência com games. Kao the Kangaroo está muito bem feito e atende as expectativas, irá adorar conhecer esse mundo bem desenhado e esses personagens fofos, e terá momentos de muita diversão nesse jogo inspirado nos grandes clássicos do gênero plataforma.

User Rating: No Ratings Yet !
Clássico do PS1 com troféus A principais notícias do dia 15 de maio