Sempre que temos algum evento de violência extrema como os recentes massacres, algum político retrogrado entra em cena e começam as acusações sobre os games. Isso acontece de maneira tradicional nos Estados Unidos.

Dessa vez, Ted Cruz, senador Republicano do Texas, o estado onde ocorreu o mais recente massacre, numa escola em Uvalde no qual cerca de 20 crianças foram mortas a tiros, está em especial destaque devido as diversas causas para o massacre e como se refere aos games e o conteúdo violento na internet como causas que levam estes indivíduos a perder a sua sensibilidade perante a violência e até a morte, por exemplo.

Cruz ressalta que estes massacres devem forçar toda a nação a focar-se no que realmente importa, “perceber onde está a falha dentro da nossa cultura” e apresenta de imediato sinais e problemas que afetam atualmente especialmente as mentes dos mais jovens. Cruz recusa questionar o comportamento das autoridades na resposta ao que se passava e nem sequer fala no papel das armas de fogo, e continua atacando outros sintomas.

Ainda sem falar das armas,e a acessibuilidade a elas, o politico fala sobre o uso de drogas e fármacos que em conjunto tem um efeito na mente dos mais jovens. Games, drogas, famílias instaveis são citadas no discurso, mas não existe nenhum ataque ao lobby das armas naquele país.

Confira abaixo:

Clássico do PS1 com troféus A principais notícias do dia 15 de maio