Connect with us

Artigos

PlayStation 5 | 5 vezes em que a Sony foi contra seus consumidores

Published

on

PlayStation 5

A Sony revelou que Horizon Forbidden West não vai ter upgrade gratuito para quem comprou o jogo no PlayStation 4 e posteriormente vai migrar para o PlayStation 5. Anteriormente a empresa havia confirmado que o upgrade seria gratuito.

Essa foi uma das varias decisões que desfavorecem o consumidores do PlayStation, novamente colocando em foco como a empresa vem agindo de má fé com quem decidiu comprar um PlayStation 5. Diante disso, listamos 5 decisões da empresa em que o maior prejudicado foi quem optou por adquirir um PlayStation 5.

Precificação Duvidosa

Um dos fatores que mais saltam a vista, é o valor dos jogos na PlayStation Plus. Os jogos para PlayStation 4 e PlayStation 5 vem sofrendo aumentos graduais. Hoje, em diversos games, o consumidor que opta por jogar na plataforma da Sony, paga mais caro nos jogos.

Se compararmos diversos jogos da Steam e da Xbox Live, percebemos o quanto os jogos do PlayStation estão mais caros, sem qualquer justificativa aparente. Jogos que tem versões idênticas, nas lojas Xbox Live e Steam, são de 10 a 50% mais caros na Playstation Store.

Dentre diversos exemplos que você pode constatar em uma busca rapids pelas lojas, destacamos Ninja Gaiden master Collection. O jogo tem seu valor mais alto na PlayStation Store, como você pode ver abaixo:

Microsoft Store
PlayStation Store
Steam

Vale ressaltar que os jogos para PlayStation 5 sofreram um ajuste de preços recentemente, assim como a PlayStation Plus. Essas valores não refletem a precificação de serviços similares em outras plataformas.

Ademais, ainda nem comparamos jogos que estão gratuitos em outras plataformas através de serviços, e estão custando preço cheio na PlayStation Store. Vale uma reflexão de por que jogos multi-plataforma custam mais nas plataformas PlayStation que no Xbox ou na Steam.

Cross-Gen: Sony promete exclusivos First-Parties apenas no PlayStation 5

Assim que começaram a surgir rumores sobre a possibilidade de os jogos para a então next gen serem cross-gen, a Sony foi enfática. Segundo a empresa, seus jogos first partyes seriam exclusivamente lançados no PlayStation 5, visando o avanço tecnológico e as peculiaridades do Dual Sense.

Quando a Microsoft veio a publico dando respaldo a criação de jogos cross-gen, o burburinho foi total. Diversos meios de comunicação alardeavam que os games lançados para Xbox One iriam limitar o Xbox Series X. Que o Xbox Series não teria jogos verdadeiramente Next Gen, enfim.

mais uma vez a Sony voltou arras em suas declarações e revela que jogos como God of War Ragnarok e Horizon Forbidden West também estão chegando ao PlayStation 4. A empresa mais uma vez deixa a impressão de estar agindo de ma fé, pois as pessoas ao comprar um PlayStation 5, imaginavam que a Sony cumpriria sua palavra, e traria esses exclusivos estritamente para o console mais atuam, como a própria empresa afirmou anteriormente.

Para quem não se lembra, a exclusividade de Horizon Forbidden West, foi divulgada na live do dia 11 de junho de 2020, conforme imagem abaixo.

Evento que anunciou Forbidden West como exclusivo de PlayStation 5.

Acessórios não compatíveis

Todos nós gostamos de aproveitar ao máximo os consoles quem compramos, e no caso do PlayStation 5, o DualSense é uma das coisas mais legais do console. Aproveitar todas as funcionalidades do controle novo é realmente uma experiência única.

Entretanto a Sony, em uma atitude pouco pró player, acabou por não permitir que você use seu Dual Shock 4 no PlaiStation 5. Mesmo que você estaja jogando um game de PlayStation 5 que não faça uso das tecnologias do controle, você não vai poder jogar com um controle antigo.

Segundo a Sony, ela que que o jogador mergulhe diretamente nas possibilidades do DualSense, por isso ela só vai permite o uso do Dual Shock 4, nos jogos de PlayStation 4, que estão no PlayStation 5 via retro compatibilidade.

Uma proposta um pouco duvidosa, pois se o intuito é colocar o jogador com as duas mãos no console mais atual, por que ainda lançar jogos no console antigo?

Ademais, se você comprou mais de um controle Dual Shock 4, ele não serve nos jogos de PlayStation 5. Pata jogos com mais de 2 jogadores no console atual da Sony, você vai precisar comprar mais controles.

vale ressaltar que todos os acessórios do console concorrente, servem. Se você tem um Xbox Series, mal precisa comprar um controle além do que já vem nos consoles.

Director’s Cut – Upgrade gráfico a preço de jogo novo

Uma das apostas da Sony para o PlayStation 5 vem sendo as versões Director’s Cut. Versões aprimoradas de determinados jogos de sucesso dos consoles da empresa. Entretanto, mesmo com a adição de conteúdo e aprimoramentos gráficos, a atitude da empresa vem dividindo a opinião dos jogadores.

Esses aprimoramentos como o do jogo Death Stranding que esta próximo do seu lançamento apresentam um jogo que usa todos os recursos do PlayStation 5 como:

  • Sinta os efeitos do ambiente com a resposta tátil do controle sem fio DualSense™.
  • Chegue mais perto do mundo de Death Stranding com a resistência personalizada dos gatilhos adaptáveis.
  • Ouça os efeitos sonoros com o áudio em 3D (requer fones de ouvido compatíveis).
  • Parta rápido para a ação com o SSD ultrarrápido e carregamento quase instantâneo do PS5.
  • Escolha entre dois modos de imagem: o Modo Desempenho, com 4K scaling e até 60 FPS, ou o Modo Fidelidade, com 4K nativo, ambos compatíveis com tela ultra-wide e HDR**, para aproveitar gráficos incríveis e streaming de texturas avançado.
  • Death Stranding: Director’s Cut oferece um modo Widescreen ´para uma experiência de jogo ultra-wide, usando o display normal do console de 16:9 para mostrar gameplay equivalente ao de um display 21:9.

Entretanto, todas essas features vem acompanhadas de um custo, e realmente nos questionamos se essas features não poderia ser lançadas como um upgrade natural para quem já tem a versão de PlayStation 4 do jogo. Ter de comprar novamente o game para aproveitar os recursos da nova geração, parece um pouco injusto, tal cobrança seria mais justa para quem esta comprando o jogo pela primeira vez.

Vale ressaltar que até Hideo Kojima, responsável e criador do jogo teceu algumas criticas ao modelo usado pela atualmente pela Sony pare relançar seu jogo. Segundo Kojima, o jogo foi lançado completo e com todas as possibilidade que o PlayStation 4 oferecia na ocasião. Além disso, não haveria cortes no jogo, fazendo alusão ao nome Director’s Cut.

PlayStation 5 sem navegador de internet

Se tem algo que é inquestionável, é o poderio dos consoles de nova geração. Tanto o PlayStation 5 quanto o Xbox Series X tem configurações para rodar o mais exigente dos jogos com uma qualidade impar. Entretanto, no caso do console da Sony, ele chega ao consumidor faltando um dos itens mais básicos para um sistema que acessa a internet: Um navegador.

Apesar de não ser o ideal, é compreensível que o usuário do sistema possa querer ou precisar navegar na Internet enquanto está jogando. Seja para pesquisar uma dica do jogo, ou para saber como conquistar um troféu, a feature é algo que não a careta nenhum peso ao sistema, por exemplo.

Caso o usuário do PlayStation 5 queira, por diversos motivos acessar a rede mundial de computadores, ele deve usar outro dispositivo, pois a Sony preferiu deixar o console sem navegador. Vale ressaltar que o site “Ars Technica” descobriu que, na verdade, o console possui sim, uma interface de navegação oculta e limitada, disponível apenas para carregar alguns portais genéricos.

A Sony nunca detalhou a falta da feature no console, mas não é difícil de imaginar o por que. Com o crescimento de serviços de jogos por streaming como Google Stadia e até mesmo xCloud a gigante japonesa percebeu que um navegador seria uma janela para esses serviços no PlayStation 5.

Vale ressaltar que os outros consoles possum um navegador nativo em suas plataformas. O Xbox Series X e Series S possuem um navegador entre seus aplicativos, o Edge, da Microsoft. Ele é capaz de abrir praticamente qualquer site que seja compatível com a versão para computadores do Edge.

Como era de se esperar, vídeos do Xbox rodando o Stadia no navegador Edge, começaram a aparecer, e isso é perfeitamente possível. Com isso, podemos imaginar por que o PlayStation 5 não tem navegador.

Resumo

Vale ressaltar que nenhuma dessas propostas da Sony seriam realmente uma atitude anti consumidor se a empresa não a praticasse de maneira obscura. Em todos os casos, ou a empresa havia informado o consumidor de outra pratica, ou omitiu a informação nos seus anúncios oficiais.

Deixar claro quais são suas politicas, e principalmente, honrar o que foi dito, é o que se espera de uma empresa lider de mercado como a Sony e seu PlayStaion 5. Ademais, posições como no caso de Forbidden West aonde a empresa anunciou o upgrade gratuito, voltou atrás e anunciou que não haveria mais o upgrade, e depois voltou atrás de novo, só mostra o quanto a empresa esta sendo oportunista.

Ademais, cabe ao consumidor estar atento a essas praticas, não só nos games, mas em todas as esferas da sociedade, e avaliar qual empresa se adequa melhor as boas praticas e valorização do consumidor.

E ai, o que você achou da matéria, gostou? não gostou? deixe sua opinião nos comentários, participe, seu feedback é muito importante para nós.

Apaixonado por jogos e consoles desde 1990. Quando não esta escrevendo em algum site de games, esta jogando ou ensinando o Felipe a jogar.

Continue Reading
Comments

Destaques

Todos os direitos reservados | Games Ever 2018 - 2022