Continua após a publicidade..
DestaqueDetonadosPCPlayStationTroféus/ConquistasXbox

SOMA | Detonado / Guia de Troféus

Continua após a publicidade..

SOMA é o jogo de terror de sobrevivência desenvolvido e publicado pela Frictional Games, lançado em 2015 para PS4, Xbox One e PC. Quer saber quais são seus troféus? Então confira a lista de troféus abaixo, junto de algumas informações básicas sobre como obter todos eles!

Confira algumas informações básicas sobre a platina do jogo:

Tempo Médio para Platinar: 8 horas
Jogatinas Necessárias: 1 jogatina
Dificuldade Estimada: 2 / 10
Troféus Online? Não

SOMA possui 10 troféus ao todo, sendo 1 de bronze e 9 de prata (sem platina).

Ao iniciar o jogo, verá dois modos de jogo: Normal e Seguro. No modo Seguro, será invencível e os monstros não poderão te matar. É possível pegar todos os troféus no modo Seguro, caso queira. Darei as dicas no guia referentes a jogar no modo Normal.

Antes de começarmos a nossa aventura, vamos conhecer um pouco melhor o protagonista da história, Simon Jarrett.

Simon Jarrett é um canadense de 26 anos que trabalha em Toronto, em uma loja de quadrinhos. Um dia de 2015, ano em que o jogo se passa, Simon estava dirigindo um carro na companhia de sua amiga, Ashley Hall, quando outro veículo causou um grave acidente. Sua amiga Ashley morreu no impacto, enquanto ele desenvolveu um trauma cerebral incurável. Seu cérebro está irreversivelmente danificado, e sua expectativa de vida é baseada em alguns meses no máximo. Qualquer estresse ou movimento brusco pode matá-lo. Sua única esperança está em uma nova técnica de reconstrução cerebral de um médico pesquisador chamado David Munshi.

Apartamento de Simon

Após despertar, estará em seu apartamento. Pegue o celular na mesa de cabeceira, e então poderá se levantar. Aproveite para testar os controles e a interação com os objetos do cenário. Apertando R2, poderá pegar e interagir com diversos objetos. Há diversas coisas que pode fazer aqui, inclusive diversos documentos que pode ler para aprender mais sobre o protagonista e sobre a história do jogo. Esses itens, apesar de serem úteis para entender a história, não são colecionáveis e sequer podem ser coletados. No decorrer deste guia, não iremos indicar a localização desses documentos, mas fique à vontade para explorar cada cenário o quanto quiser. Aqui no apartamento, poderá ouvir mensagens gravadas na secretária eletrônica e até responder um e-mail no laptop, se quiser. Nosso primeiro objetivo é encontrar o Fluído Rastreador. Sua localização pode variar sempre, às vezes ele está na primeira gaveta da escrivaninha com o laptop, outras vezes está no armário em cima do micro-ondas. Quando encontrar o Fluído Rastreador, pegue-o e aperte R2 para beber. Agora, é só ir até a porta do apartamento, pegar as Keys (chaves) do lado da porta e ir embora.

Assistirá a uma breve cena no trem, no qual atenderá o celular em uma ligação de Jesse, colega de trabalho de Simon, e então irá para o laboratório.

Laboratório do Munshi

O local estará bem escuro, acenda a luz pelo interruptor à direita. Vá até a mesa de segurança e abra a primeira gaveta para encontrar um diário com a senha de segurança. A senha é 2501. Vá até a porta no final da sala e digite 2501 no terminal para abrir a porta. Vá até a porta no final do corredor para conhecer o David Munshi.

David Munshi é um neurocientista canadense. Junto de seu grande amigo, Dr. Paul Berg, David dedicou a sua vida a estudar uma tecnologia revolucionária na neurociência, uma máquina que mistura um mapa neurográfico com inteligência artificial. David desenvolveu a máquina como parte de seu estudo de doutorado, e ainda em estado experimental, resolveu aplicá-la em Simon Jarrett, um paciente em estado terminal de hemorragia cerebral.

Você pode conversar com o David para saber mais sobre o tratamento, então sente-se na cadeira. Verá uma cena, e então Simon irá parar em outro lugar.

Despertar

Estará tudo escuro. Vá até o terminal com luz vermelha e acione a alavanca para acender as luzes. O local estará vazio, com alguns terminais que não podem ser acessados e uma porta bloqueada. Teremos que fugir pela janela. Pegue um objeto pesado, como a cadeira ou o extintor de incêndio e arremesse na janela pressionando L1. Pule a janela com X. No corredor, poderá remover a trava na porta para poder abri-la normalmente. Siga o corredor para a direita e vire à esquerda. Poderá acionar o Data Buffer ao lado da porta para ouvir um áudio que conta acontecimentos passados do local. À esquerda fica o Banheiro, e à direita fica a Break Room (Sala de Descanso), mas pode ignorar ambos.

Volte o corredor e siga para a esquerda. Remova a trava na porta e entre no Machine Hangar (Hangar de Máquinas). Perceba que, ao se aproximar das carcaças de máquinas no local, a cabeça de Simon dói. Vá até o final da sala e cheque a carcaça de robô à esquerda, para ver um Data Buffer, uma cena que remonta ao passado. Ouvirá um som assustador, e aquela carcaça de máquina que viu antes terá tomado vida e escapado. Saindo do Hangar de Máquinas, verá um rombo no final do corredor à direita. Siga pelo rombo e vá em frente até a luz apagar novamente. O jogo ensinará a se agachar apertando círculo e como ser silencioso, mas não há inimigos aqui, não se preocupe. Abra a trava na porta e entre em Storage (Armazém). Vá até a mesa de trabalho e pegue o Omnitool.

Esse item é uma espécie de chave-mestra, mas que precisa de chips para funcionar. Saindo do Armazém, siga pelo caminho imediatamente em frente. Evite os cabos elétricos no chão para não tomar choque, e siga reto até ver uma escada à esquerda e um túnel iluminado na cor vermelha à direita. Siga pelo túnel até a bifurcação até sair do outro lado, e voltará até a sala onde despertou. Vá até a máquina ao lado da porta. Coloque seu Omnitool lá, vá até o painel e escolha Destravar Caixa de Ferramentas. Pegue o Chip de Ferramenta FST e coloque no Omnitool. Mexa no painel mais uma vez e escolha Gerenciar Chip de Ferramenta e Atualizar. Agora seu Omnitool terá acesso a diversas portas do local.

Volte pelo túnel de cor vermelha até a outra saída e desça a escada. Abra a porta adiante usando o Omnitool. Passará por um Data Buffer à sua esquerda. Siga reto pelo corredor vazio até entrar na sala de Maintenance (Manutenção). A porta se trancará quando entrar. Observe o estranho ser brilhante à direita, encoste nele para recuperar a vida. Chamarei esses locais de Ponto de Cura. Aperte o botão laranja perto do ponto de cura e entre no duto de ventilação. Rasteje pelo caminho, vire à esquerda e então à direita, e siga reto até chegar à Station Control (Controle da Estação).

Verá um robô consciente aqui, mas ele não será um inimigo. Ele estará sugando a energia de uma máquina, desconecte os conectores dele da máquina para matar a máquina. Ligue a máquina e então verá três botões ao lado. Pressione o botão da esquerda e fique atento ao medidor de energia. Quando ele entrar na parte verde do medidor, pressione o botão do meio, e quando o outro medidor chegar na parte verde, pressione o botão da direita. Irá ligar a energia do local. Aguarde alguns instantes, e o comunicador do local irá ligar. Falará com Catherine Chun, que fala da Estação Lambda. Nós estamos, no momento, na Estação Upsilon. Ela quer que a gente vá para a sala de comunicações na parte superior da estação. Após falar com ela, deverá liberar um troféu:

Respondendo ao Chamado

Esse troféu será liberado quando falar com Catherine Chun.

Vá até a porta ao lado, que agora poderá ser aberta. Siga a plataforma até o final e desça a escada. A escada quebrará, deixando Simon preso lá embaixo. Siga em frente e agache-se quando escutar passos. Aqui encontrará seu primeiro inimigo, que eu chamarei apenas de Enviado. Não deixe que ele lhe veja, agache-se e fique escondido! Quando ele for para a esquerda, vá para a direita e suba a escada. Acione a alavanca, o que irá abrir a porta escada acima, mas também chamará a atenção do inimigo. Corra escada acima, entre pela passagem e acione a alavanca à esquerda para fechar a passagem. Estará seguro aqui, o Enviado não poderá mais lhe alcançar. Suba mais escadas até a Estação de Comunicações.

Local Upsilon

Subindo as escadas, poderá ver um mapa à esquerda que indica que estamos em uma estação chamada Upsilon. Verá uma janela que mostra uma linha de montagem, e uma porta que leva à sala indicada como Assembly B (Sala de Montagem B). Há um robô consciente aqui, e ele é amigável. Fale com ele, ele se apresentará como Carl Semken. Saindo daqui, entre na porta indicada como Workshop (Estação de Trabalho). Poderá obter um Data Buffer examinando o corpo no chão, que mostra como funciona a possessão de uma máquina. Não há mais nada aqui, saia e vá para a porta à direita. No corredor, encontrará o corpo de Carl Semken, veja o Data Buffer em seu corpo e então poderá entender como algumas coisas acontecem aqui. As máquinas matam os humanos e assumem sua personalidade. Repare no crachá do Carl para ver o ID 0722. Siga o corredor até o final e vire à direita. Suba a escada e cheque o armário para encontrar o crachá de outra funcionária, a Amy Azzaro, de ID 0735. Volte para a Estação de Comunicações e vá para o outro lado da sala, onde dois computadores pedirão o ID de acesso. Coloque 0722 ou 0735 e conseguirá acessar alguns comandos de segurança. Ligue a energia nas salas de Armazenamento e de Controle de Fluxo. Você pode ignorar essas duas salas, se quiser. A sala de Armazenamento não possui nada de relevante, e o Controle de Fluxo irá acionar um Enviado que aparecerá no local, então ignore ambas as salas. Volte para a sala onde está o robô de Carl Semken, e siga para a esquerda até o final. Acione a alavanca no gerador para desligar a energia, causando muita dor ao robô, porém fornecendo a energia necessária. Volte ao terminal que usou anteriormente e ligue a energia do Centro de Comunicações. Agora é só acionar a alavanca do lado da escada e suba ao Communication Center (Centro de Comunicações).

Acione a alavanca para fechar a entrada. No computador ao lado, poderá restaurar parcialmente os dados. Há um Ponto de Cura aqui. Vá até o computador do terminal e poderá colocar o código de com quem quer se comunicar. Digite 2203 para falar com Lambda, onde está a Catherine. É só alinhar o sinal movendo o comunicador e então poderá conversar com a Catherine. Depois da conversa, o local começará a desabar e a inundar. Estamos embaixo d’água, lembra?

Fora de Upsilon

Siga para a direita e acompanhe a plataforma até ver uma escada. Desça para dentro do escafandro e coloque o Omnitool no terminal. Coloque o ACR para Descer, Passageiros para 1, e então puxe a alavanca. Sente-se na cadeira vaga ao lado, e acompanhe a longa descida do escafandro para as profundezas do oceano. Descerá mais de 3000 metros abaixo da superfície, e a viagem demorará um pouco. Acompanhe a poética e filosófica conversa com a Catherine. Quando estiver quase chegando, cairá a energia. Saia da cadeira, suba a escada e abra a caixa de força. Aperte o fusível que soltou, feche a caixa e volte para dentro. Sente-se na cadeira mais uma vez, e acompanhe o restante da viagem. Veja a cena, para descobrir que temos um passageiro indesejado viajando conosco.

Quando recobrar a consciência, estaremos embaixo d’água, mas não precisa se preocupar com oxigênio ou qualquer coisa do tipo. Vá até o buraco no teto e o escale. Estará no fundo de um oceano. Siga reto e ignore o caminho à esquerda e direita, pois levam a portas trancadas e ao Transporte Zepelim, que não pode ser acionado no momento. Siga em frente pelo caminho e passará por uns arcos junto às pedras. Passará por um Data Buffer à sua direita. Mais adiante, encontrará outro inimigo, que chamarei de Sonda. Esse robô emite uma luz vermelha e procura inimigos por sua visão limitada e pelo som, então ande agachado e fique longe de sua luz vermelha. Na bifurcação, vá para a esquerda, e logo chegará a uma estação indicada como Upsilon B.

Há um robô amigável adiante, soterrado por pedras. Retire as pedras de cima de e ele irá nos ajudar. Esse robô não fala, ele só nos segue com sua lanterna, iluminando o caminho e facilitando nossa jornada. Siga em frente e vire à esquerda. Vá em frente pelo caminho indicado por placas de Upsilon B e logo encontrará outra Sonda fazendo rondas pelo local. Esconda-se atrás de algo, espere ele passar e então continue por esse caminho. Chegará a uma entrada para Shuttle Station Upsilon B (Estação de Transporte Upsilon B). O robô amigável irá ajudar a abrir a porta, é só entrar. Use o Omnitool à direita, e o local irá despressurizar e remover a água, permitindo nossa entrada em um ambiente controlado.

Estação de Transporte Upsilon

O corredor estará escuro, mas você terá uma lanterna agora, que pode ligar e desligar com triângulo. Siga o corredor e verá um Data Buffer à esquerda. Há um Ponto de Cura adiante, e uma alavanca que não poderá acionar por falta de energia. Dá para entrar no vagão azul à direita e encontrar um tablet com informações e um vídeo do marido da Amy. Seja como for, volte e siga pelo caminho ao lado. O túnel estará bloqueado, mas há um buraco estreito nas pedras à esquerda pelo qual poderá rastejar. Continue pelo outro lado do túnel e vire à esquerda para entrar na sala de energia. Amy Azzaro estará aqui, viva, mas com sua vida sendo sugada pela máquina. Você pode conversar com ela um pouco, se quiser. Depois, retire as garras da máquina do terminal de energia ao lado, para religar a energia da estação, porém, matando a Amy Azzaro no processo.

Com a energia ligada, volte para onde viu o Ponto de Cura de antes e acione a alavanca. Irá ligar o vagão ao lado, então entre, sente-se à cadeira e coloque o Omnitool no terminal. Ligue os três disjuntores e aperte o botão vermelho. Poderá escolher o destino da viagem, vá para Lambda. Verá um pequeno vídeo explicando a estação, e então aproveite a viagem. Enquanto ela durar, pelo menos.

Local Lambda

Após o acidente, retire seu Omnitool no terminal e acione a alavanca de saída de emergência no chão para poder sair do vagão. Siga em frente pelo túnel e acione o comunicador à direita para conversar mais uma vez com a Catherine. Temos de achar uma escotilha que nos levará até a Estação Lambda. Continue pelo túnel e verá um Ponto de Cura no final do túnel. Faça o caminho de volta pelo túnel, olhando para a sua direita, e abra a escotilha na parede. Suba a escada e use o Omnitool no terminal para voltar ao fundo do oceano.

Siga em frente pelo caminho único e linear. As placas indicarão o caminho para Lambda, mas realmente não tem como se perder. Tome cuidado, pois haverá uma Sonda rondando pela área. Chegará à entrada da Estação Lambda, muito bem iluminada na cor verde. O caminho continua à esquerda, mas não há por que ir por lá agora, então entre na estação. Abra a porta e use o Omnitool no terminal para despressurizar e voltar ao interior. Assim que entrar na Estação Lambda, deverá liberar um troféu:

Perseguindo Catherine

Esse troféu será liberado quando entrar na Estação Lambda.

Siga em frente e começará a ouvir gritos. Um novo inimigo estará pelo local, e eu o chamarei de Espreitador. Ele não reage à sua presença, na verdade, ele tem medo de você, mas você pode morrer só de olhar para ele. Fique agachado, escondido e não olhe em sua direção. Logo, ele irá embora. Siga em frente, entre na porta à esquerda e verá um robô semidestruído no chão à esquerda. Essa é a Catherine Chun, ou pelo menos o que sobrou dela na versão máquina. Ela precisa que a gente conecte o Omnitool na máquina do outro lado da sala, e então pegue o chip de córtex dela e ligue no Omnitool. Faça isso, coloque o Omnitool na máquina e então o robô irá liberar o Chip de Córtex: Catherine Chun. Coloque-o no Omnitool, e ela explicará o que aconteceu com o mundo. Um cometa destruiu toda a superfície na Terra, e o que restou da humanidade sobreviveu porque estava e uma base submarina. De dentro desta base, eles passaram a sua consciência para máquinas, onde poderiam “viver” sem consumir os poucos recursos que tinham. A ideia era levar a consciência das pessoas digitalizada para o espaço, na esperança que perdurariam para sempre. Bem, parece que algo no plano deu muito errado. Catherine pedirá para a gente ir até outra sala acessar alguns arquivos que ela precisa.

Saindo da sala, ignore a porta adiante e os demais caminhos por aqui, o Espreitador estará andando por lá. Vá para a direita e entre na porta à esquerda. Opere o computador que está ligado, e você poderá ouvir entrevistas com algumas pessoas e ver a planta da Arca, o local para onde a mente dos seres humanos foi enviada. Escolha a opção de Pesquisa de Calibração e responda a Pesquisa de Satisfação da maneira como preferir. Agora clique em Rastreador da ARCA. Você precisará acertar o local exato de escaneamento. Bem, entenda as colunas como de A até F, da esquerda para direita, e as fileiras como de 1 até 5, de cima para baixo. As respostas corretas, em ordem, são: B5, D3, F3 e C1. Bem, agora o nosso objetivo é levar a Catherine até a Estação de Tau.

Saindo da sala, vá para a direita e saia da estação mais uma vez, acessando o terminal com o Omnitool, para sair até o oceano. Siga para a direita, e encontrará bem na sua frente um veículo de emergência. Abra a porta, entre e conecte o Omnitool no terminal ao lado. A embarcação não funcionará, mas pelo menos agora sabemos que pode haver outra por perto que talvez funcione. Saindo da embarcação, siga para a esquerda pelo caminho entre as pedras. Siga as luzes verdes no chão, evids então um Espreitador aparecerá. Esconda-se e espere ele ir embora. Siga pelo caminho e chegará a um navio naufragado e destruído chamado CURIE. Use o Omnitool no terminal para abrir a porta e entrar nos destroços.

O CURIE

Siga para a esquerda e abra a porta. Suba a escada para o duto de ventilação e rasteje pelo caminho estreito junto aos canos. Saindo dos túneis, estará do lado de fora do navio. Suba a colina à direita, e olhe para o chão enquanto sobe. Há um Espreitador aqui, mas ele nada poderá fazer se não o ver, então continue subindo e olhando para o chão. Na parte superior, tome cuidado, pois esse local é imenso e é muito fácil se perder aqui. Olhando para cima e à distância, poderá ver os destroços do navio CURIE, siga nessa direção. Ao desviar dos destroços pelo caminho, tente não se perder, mantenha o foco no navio naufragado. Conseguirá ver uma abertura em uma plataforma do navio.

Entre e suba a escada até o topo do local, então abra a porta e entre no corredor. Abra outra porta ao final e suba as escadas até o final, lá em cima. Entre na porta e siga para a esquerda. Agora, precisará seguir por esses corredores com todo o cuidado possível, pois há um Espreitador andando pelos corredores. Agache-se e se esgueire em cada curva do corredor para saber se ele não está lá antes de ir. Há muitas portas aqui, que apenas servem de contorno para o caso de o Espreitador estar no corredor, então o evite a todo custo. A única forma de se guia é pelos escritos nos corredores. No corredor F-1.3, há uma sala com um Ponto de Cura, caso precise. Saindo desta sala, vá para o corredor F-1.2 e F-1.1, onde encontrará uma manivela na parede. Quando estiver seguro, gire a manivela rapidamente para abaixar uma escada vertical, então es esconda antes que o Espreitador chegue. Quando ele se for, suba a escada para o segundo andar.

Estará no corredor F-2.3, vá para o corredor F-2.2 ao lado. Entre na porta aberta à direita, para a embarcação de emergência. Coloque o Omnitool, mas não dará certo. Teremos de continuar explorando esse andar, mas saiba que há outro Espreitador por aqui. No corredor F-2.1, fica a sala do capitão, onde sempre terá um Espreitador rondando. Espere ele ir embora e passe pela sala do capitão, saindo no corredor do outro lado, de volta ao F-2.1. Suba a escada à direita e continue subindo até o F-3.1.

Vire à direita e entre na porta à direita. Suba a escada adiante, vire à direita e entre na porta à esquerda. Estará na sala do reator, onde vários cabos estarão ligados aos reatores. Desconecte os cabos, e então o navio começará a entrar em estado de emergência. O Espreitador aparecerá imediatamente, mas não há tempo! Saia correndo da sala, desça correndo as escadas de volta ao corredor F-3.1, e desça as escadas ao segundo andar. Volte correndo ao F-2.2, passando pela sala do capitão, e entre no módulo de emergência. A sala se fechará, onde estaremos seguros, e então a Catherine irá controlar o módulo e nos tirar daqui. Mas a explosão do navio irá complicar um pouco as coisas.

Local Delta

Nade até o Omnitool e pegue-o do terminal. Tente abrir a porta ao lado, e descobrirá que ela está emperrada. Em alguns segundos, aquele robozinho amigável que conhecemos irá abrir a porta para nós. Deverá liberar um troféu aqui:

Encalhado

Esse troféu será liberado quando chegar ao topo de Delta.

Siga em frente pelo fundo do oceano e encontrará uma cabine onde pode entrar subindo a escada. Dentro da cabine, pode checar o corpo para encontrar um Data Buffer, checar um tablet com algumas fotos, e há também um Ponto de Cura. No terminal ao lado, pode acessar o mapa do local e ver nossa localização. Pois bem, saindo da cabine, siga em frente para a grande estrutura e dê a volta no local, procurando um local chamado Control Room (Sala de Controle). Há um robô amigável nadando em volta, mas ele não diz nada que preste. Tente abrir a porta e não irá conseguir, e então o robô irá abrir a porta por nós. Dentro da Sala de Controle, poderá checar outro corpo e encontrar mais um Data Buffer. Há mais informações no computador, como o mapa da área. Olhe e se localize na região. Precisará seguir para o sul, para o local indicado no mapa como Communication Antenna (Antena de Comunicações). Vá até lá, cheque a porta e o robô irá abrir a porta. Há um Ponto de Cura aqui, e um computador que podemos utilizar, mas só para obter informações.

Saindo da Antena de Comunicações, há um computador na torre adiante que pode ser usada para ouvir alguns áudios, se quiser. Do lado exatamente oposto a essa torre, há uma porta bloqueada. De frente com essa porta, siga para a esquerda, e verá outra porta. Pressione o botão para abrir a porta, mas saiba que não há nada lá dentro, apenas mensagens em sangue. Defronte com essa porta, vire à esquerda e verá uma plataforma com um painel que poderá operar. Escolha o canal 5 e coloque o cursor sobre a linha amarela. Com a conexão 049 estabelecida, volte para o outro painel do outro lado, aquele que viemos anteriormente, perto da Antena de Comunicações. Acesse o comando Zepelims, então, no canal Zepelim 049, escolha Eco, depois Solicitar Transporte. Isso chamará o zepelim de transporte. Vá para o corredor ao lado, marcado pela placa com Zeppelin Transport Theta (Transporte por Zepelim para Theta). Verá o Zepelim chegar e pousar no local.

Coloque o Omnitool no painel, mas não será assim tão fácil. Precisamos de um chip, e precisaremos roubá-lo de um robô, no caso, aquele robô maluco que fica rodeando a Sala de Controle. Abrirá um baú ao lado, aperte o botão e pegue uma Arma de Choque. Volte para perto da Sala de Controle e procure por aquele robô consciente que fica circulando a área. Chegue bem perto dele, aponte a Arma de Choque e dispare. Ele se afastará, mas não irá retaliar de qualquer forma. Corra atrás dele e dispare mais duas vezes para derrubá-lo. Vá até sua carcaça e pegue o Chip de Ferramentas. Volte ao Zepelim e coloque o Chip de Ferramentas. Agora aperte o botão no painel e puxe a alavanca para irmos embora.

Fora de Theta

Chegando ao destino, pegue o Omnitool de volta. Há uma Data Buffer aqui mesmo no zepelim, do lado, caso queira ouvir. Depois, desça da plataforma do zepelim, e na torre ao lado, há mais um Data Buffer. A outra torre mais adiante há mais um Data Buffer. Vá em direção ao edifício mais adiante. Se quiser, poderá conversar com um robô amigável mais à esquerda, que se apresentará como Robin Bass. Depois de conversar com ele, vá para o edifício e para o terminal ao lado. Gire a manivela, puxe a manivela, gire-a novamente e empurre a manivela. Agora acione a alavanca ao lado da manivela para abrir o portão. Entre e acione o terminal com o Omnitool para conseguir acesso e liberar um troféu:

O DUNBAT

Esse troféu será liberado quando entrar na Estação Theta.

Entrada Theta

O local será pressurizado, e poderá entrar no saguão de entrada. O local não possui energia suficiente, então não poderá usar o dispositivo de Omnitool no canto da sala. Suba na plataforma à direita, pegue o extintor na parede e quebre a janela. Entre na Control Room (Sala de Controle) e coloque o Omnitool no terminal. Nós queremos roubar um submarino que aguenta altas pressões, chamado DUNBAT, mas o local está classificado como em quarentena. O computador ao lado possui algumas informações e o mapa da área. Saia da sala (a porta estará operacional, assim como mecanismo das luzes).

De volta ao saguão de entrada, vá para a plataforma do lado oposto. Ignore a primeira porta e entre na segunda porta da esquerda, indicada como Server Access (Acesso ao Servidor). Desça as escadas até a parte de baixo, e a partir de agora, ande agachado, pois haverá um Mutante andando pelo local. Há três portas aqui, e a que você quer entrar é a da esquerda. Essa é a sala dos servidores, e há um Mutante aqui. Você precisa chegar ao outro lado da sala, pelo lado esquerdo, onde haverá um computador ligado. No caminho, use os sons do Mutante para saber onde ele está, e fique longe dele. Chegando ao computador, acione-o e ele dirá que precisa reiniciar o roteador. Aperte o botão ao lado e acione a alavanca. Irá reiniciar o roteador, mas o barulho irá atrair o Mutante, então afaste-se e se esconda, pois ele certamente virá para cá. Quando a barra encher, começará a contagem regressiva de 45 segundos, e nesse tempo, terá de voltar ao computador e pressionar a alavanca novamente. É tempo de sobra, espere o Mutante se afastar. Ao acionar a alavanca, o servidor estará online. Faça todo o caminho de volta escada acima.

Ainda na plataforma, entre na outra porta, que foi ignorada anteriormente, indicada como Living Quarters (Área Comum). Há um Ponto de Cura aqui. Siga em frente até a bifurcação, e vire à direita. Retire a trava pneumática da porta e entre. Entre na porta à direita, marcada como Research (Pesquisa). Na salinha do lado, verá alguns arquivos com chips de memória, gire os mecanismos pressionando os botões verdes e procure por um chip de memória que esteja em condições de uso. Ele estará brilhando, se distinguindo dos demais. Quando encontrar um Chip de Memória, coloque-o no scanner do lado do computador, mas não acesse o computador ainda. Na outra mesa, abra o compartimento e pegue o Chip de Ambiente. Saia desta sala e entre na sala do outro lado. Há uma Data Buffer nesta sala, e poderá ouvir alguns áudios interessantes no terminal da direita. Coloque o Chip de Ambiente no scanner no computador na mesa e acesse o computador. Escolha a opção Sala de Escaneamento e então “Copiar para o Chip”. Retire o Chip de Ambiente atualizado, volte para a sala de Pesquisa e coloque o Chip de Ambiente no scanner na mesa do computador, do lado de onde inseriu o Chip de Memória. Agora sim, use o computador, e carregue os dados de escaneamento no computador. Precisará escolher alguém para transferir os dados, escolha Brandon Wan. Agora, escolha o ambiente Sala de Escaneamento e pressione “Executar”. Poderá conversar com Brandon Wan, no campo virtual. Escolha algumas opções e tente conversar com ele, mas ele se recusa a conversar.

Saia da sala de pesquisa e volte para a bifurcação no corredor. Vire à direita e então siga pelo corredor onde ficam os quartos, à direita. O quarto nº 03 pertence a Brandon Wan, entre e ouça o Data Buffer. Leia as informações no computador, e a Catherine descobrirá que Brandon e Alice se conheciam. Ela tem a ideia de simular a voz da Alice. Volte para a sala de Pesquisa e para o computador. Desta vez, escolha o Ambiente Sala de Escaneamento e o Módulo Alice. Conseguiremos o código de segurança. Agora, volte para a Sala de Controle e a Catherine fará todo o resto para ligar o DUNBAT.

Pegue o Omnitool, saia da Sala de Controle e acione o mecanismo no canto da sala. Entrará no Machine Hangar (Hangar de Máquinas). Precisamos operar os controles do painel à direita, mas estará sem energia. Pegue o conector de energia no chão e conecte no painel. Aperte o botão e então comece a girar todos os botões até ficarem verdes, da esquerda para a direita e de cima para baixo. Mas as coisas não saem como planejado, e o DUNBAT fica fora de controle. Há uma escada móvel mais ao lado, empurre-a até o botão no alto da parede, suba e pressione o botão. Entre no compartimento e nesse momento, deverá liberar um troféu:

Plano B

Esse troféu será liberado quando falhar em adquirir o DUNBAT.

Laboratórios Theta

Siga em frente até cair em um buraco. Rasteje pelo túnel até sair em uma grande sala. Há um Ponto de Cura bem aqui do lado. Coloque o Omnitool no terminal, para conversar com a Catherine. Há diversas coisas que podemos ver e fazer aqui. A princípio, entre na cabine escrito Radiation Hazard (Perigo de Radiação), para que a Catherine escaneie seu corpo e possa descobrir mais detalhes sobre seu corpo atual. Saindo da cabine, volte para o terminal onde está o Omnitool e ligue o computador à esquerda do Omnitool conectando o soquete da tomada no computador. Hora de um quebra-cabeça. Não é tão difícil, a ideia é que cada opção que selecionamos exigirá outra opção para complementá-la, e deveremos acionar todas as opções corretas. A resposta correta do quebra-cabeça é o seguinte:

  • sys_physics_rigid
  • sys_physics_fluid
  • sys_phys_buoy
  • sys_wmod_atmo
  • sys_interface_scan
  • sys_wmod_dynlight
  • sys_gen_veg_adv
  • scn_forest
  • pkg_soma_hum
  • env_mod_river
  • ext_moon_full

Escolha “Iniciar Simulação” e então precisará clicar em “Pausar Simulação” exatamente quando o Módulo Carregado estiver em “Modelo”. Para tornar mais fácil, diminua a Alocação de Recursos, para fazer o módulo mudar mais devagar. Quando conseguir, escolha “Executar Diagnósticos”. Pegue o Omnitool de volta e abra a porta do outro lado, usando o Omnitool no terminal. Espere o escaneamento terminar e saia pelo outro lado. Seguindo em linha reta, encontrará um Data Buffer. Olhe o mapa na parede para poder se identificar e saber onde estamos e para onde precisamos ir. Estará diante do Main Lift (Elevador Principal), e temos que ir para Omega Management (Gerência Omega), que é para onde a trilha de sangue leva. A porta estará trancada, mas a janela pode ser quebrada. Entre na sala de Casing (Revestimento), onde há um Data Buffer e uma cadeira. Essa cadeira pode ser usada para arrebentar a janela, mas saiba que há um Mutante que virá correndo pelo corredor. Se precisar, entre na sala defronte, o Storage (Depósito), onde há um Ponto de Cura. Dentro da sala de Gerência Omega, encontrará o corpo de Brandon Wan, pegue o Chip Conector em suas mãos. Poderá checar o corpo dele para encontrar um Data Buffer.

Esse item não será o suficiente para abrir o elevador. Terá de ir até a sala de Security Checkpoint, olhe o mapa para se localizar. Cuidado com o Mutante, no caminho. Lá, verá um Data Buffer. Coloque o Chip Conector no scanner na mesa e use o computador. Escolha a opção “Controle da Chave” e “Atualizar Chip Conector”. Agora sim, pegue o Chip Conector e volte ao elevador. Coloque o Chip Conector no painel aberto, feche as travas e feche o painel. Aperte o botão para abrir o elevador, mas isso fará o Mutante vir correndo nessa direção, então entre e acione o painel ao lado, escolhendo Manutenção. O elevador irá quebrar na descida. Abra a escotilha no chão e comece a descer a escada. Como desgraça pouca é bobagem, a escada também quebrará.

Continua após a publicidade..

Manutenção

Ao despertar, suba a escada para a porta aberta. Siga adiante e um Mutante virá correndo em sua direção, sem que possa fazer nada. Após algumas alucinações, despertará novamente, no corredor em estava. Siga em frente e abra a porta à esquerda, no final. Há um Mutante na outra sala, então ande com cuidado. Siga em frente e entre na porta do outro lado. Passe por outra porta, e verá um Ponto de Cura. Abra o túnel adiante e rasteje pelo túnel até sair do outro lado. Vá para a esquerda e entre na porta. Virá um Mutante pelo corredor, volte e se esconda. Quando ele passar, passe pela porta do qual ele veio e feche a porta do outro lado, deixando-o trancado. Siga em frente, passe por outra porta e entre no túnel à direita. Saindo do outro lado do túnel, vá para a direita e se aproxime com cuidado da porta, pois um Mutante irá abri-la pelo outro lado. Esse Mutante não sairá de perto da porta, terá de pegar um objeto na sala anterior e jogá-lo no corredor para atraí-lo, então dê a volta e entre na porta. Feche a porta depois de passar para atrasar o Mutante, siga em frente e entre na outra porta. Vá até o painel de energia, tire a placa da frente e acione o mecanismo do gerador diversas vezes seguidas até conseguir ligar o gerador. Volte para a sala anterior e entre na porta à direita, tomando cuidado com o Mutante na área.

Siga em frente e se jogue na água. Vá para a direita e suba a longa escada até a plataforma metálica. Ande pela plataforma até a plataforma do outro lado, e suba outra escada. Siga por essa plataforma até o final e desça a outra escada, com cuidado. Na plataforma abaixo, olhe para a direita e verá uma plataforma mais embaixo do qual poderá pular. Arranque a grade de proteção do túnel ao lado e entre. Ao final do túnel, estará em uma sala de controle de energia, com um Ponto de Cura. Acione a alavanca para ligar a energia do local, abrindo a porta do outro lado, mas acionando um alarme sonoro bem alto. Logo virá um Mutante para cá, então corra para a passagem do outro lado e logo verá uma cena. Ao final da cena, estará no fundo do oceano novamente, e irá liberar um troféu:

Matou o Sonho que Sonhei

Esse troféu será liberado quando escapar da Estação Theta.

Fora de Omicron

Cheque o corpo ao lado para ouvir um Data Buffer. Siga pelo caminho único do local, acompanhando uma estrada tracejada pelo chão. Ao final do local, encontrará uma porta para a Estação Ômicron. Há um corpo na entrada, onde pode ouvir o Data Buffer. A porta não abrirá por falta de energia, então olhe para a direita. Siga os cabos de energia até a plataforma de observação, e saiba que tem um corpo com Data Buffer no caminho. Vá até a plataforma de observação e suba a escada. Dentro do local, gire as duas válvulas na parede (a da esquerda primeiro), então acione a alavanca no gerador. Na parede do outro lado, remova o painel da parede e então pressione o botão e puxe mais uma válvula. Irá despressurizar o local e abrir a escotilha acima. Suba a escada até a sala de controle.

Há um Ponto de Cura aqui, se precisar. Instale o Omnitool na máquina para podermos falar com a Catherine. Bem, agora vamos ligar o gerador. Tire o painel da central de força e teremos de conduzir a energia, do ponto superior esquerdo até o ponto inferior direito. Não é difícil, o caminho é bem simples, pois há vários fusíveis quebrados, então basta ir conduzindo a energia pelo único caminho possível e irá ligar o gerador. Vá até o painel agora ligado do lado do Omnitool e escolha Omicron. Precisaremos de uma senha. Vá para o painel do lado oposto e logo aparecerá a opção “UbVZrmsP”. Aparecerá um código, no meu caso, foi 2828, mas esse código varia bastante. Volte e digite o código no outro painel, para remover a quarentena da Estação Ômicron. Pegue o Omnitool de volta, desça a escada e use o Omnitool no painel para pressurizar a sala novamente. Saia desse local e volte para a entrada da Estação Ômicron. Abra o portão, entre e use o Omnitool no terminal para descobrir que a porta está emperrada e teremos de achar outra entrada. Ótimo. Perto da entrada principal da Estação Ômicron, há alguns destroços. Vá até os destroços e caminhe por eles, tomando muito cuidado para não cair no abismo. Siga pelas vigas quebradas para a esquerda, até ver uma escada que pode descer e parar diante da porta de entrada secundária. Use o Omnitool no painel para despressurizar a sala e entre.

Local Ômicron

Entre na porta à esquerda e suba a escada. Entre na porta da direita, indicada por Containment F1 (Contenção F1). Entre na porta do outro lado, para North Hall F1 (Salão Norte F1). Entre em Medical Bay (Ala Médica), siga para a direita e passe pela porta aberta. Ao final do caminho, coloque o Omnitool no painel. Catherine agora quer que a gente encontre um traje especial que aguente fortes pressões. Abra o armário D para encontrar um traje, então vá o painel de controle e pressione o botão. Espere o sinal conectar e escolha a opção “Ativação do TEH” e “Cápsula D). O traje já tem um corpo dentro, e a forma mais rápida de resolver isso é transferir nossa memória para esse corpo morto, que já está com o traje. Bem, precisamos de algumas ferramentas. Saia da Ala Médica e entre em Contenção. Vá até o painel no local, que tem o mapa deste andar, e escolha a opção “Suspender”. Terá de resolver um quebra-cabeça simples, mas difícil de explicar, acompanhe a imagem abaixo para saber como proceder (o ‘1’ marca o início):

Irá abrir todas as portas deste andar. Comece entrando em Clean Room (Sala de Limpeza), atrás de você. Após a sala de escaneamento, estará na sala que precisamos. Veja o computador ligado para obter algumas informações. Vá para a máquina ao lado, onde tem Gel Estrutural, e aperte o botão de abrir o armário para receber uma mensagem de erro. Abra o painel abaixo e remova o Chip de Controle. Entre na sala ao lado, abra a bandeja do meio e coloque o Chip de Controle. Opere o laser na máquina para que o laser pare em cima do Chip que colocou e aperte o botão vermelho. Abra a gaveta e pegue o Chip de Controle novamente. Coloque o Chip na máquina de onde o tirou, e poderá abrir a porta do armário e pegar o Gel Estrutural.

Volte para Contenção F1, saia pela porta à esquerda, vá para a direita e entre na porta à esquerda, para South Stairwell (Escadaria Sul). Suba ao segundo andar e siga para a direita. Entre na porta à esquerda, para Contenção F2. Escolha a Seção Superior e “Suspender” para abrir todas as portas deste andar. Entre na porta da direita, para East Stairwell F2 (Escadaria Leste F2). Vá para a esquerda e entre em Power Room (Sala de Força). Ao final dessa sala, que ficará escura logo, há um terminal de força e, bem do lado dele, um novo inimigo, que eu chamarei de Perseguidor. Ele ficará imóvel, e se for bem silencioso, não precisará se preocupar com ele. Mas se ele lhe vir ou ouvir, virá correndo atrás de você. Abra o terminal perto dele e pegue o Battery Pack, então vire-se e volte correndo para a sala anterior antes que o Perseguidor lhe alcance.

Volte para o andar térreo, e entre em Contenção FB. Acesse o painel adiante, que tem o mapa do local, e escolha “Suspender” para abrir todas as portas do local. Entre na porta indicada por South Hall FB (São Sul FB) e entre em Robot Repair Bay (Ala de Reparo de Robôs). Aqui, opere o painel adiante e verá um quebra-cabeça. Terá de direcionar os raios para a parte de baixo, girando cada um dos mecanismos. Não é fácil explicar, então veja a imagem abaixo para entender melhor como proceder:

Com isso, poderá obter o Chip de Córtex. Saia da sala e vá ao final do corredor, onde fica a sala de Dispatch (Despacho). Encontrará um Ponto de Cura aqui, e poderá ouvir alguns áudios. Bem, agora temos as três peças que precisamos. Suba novamente até a Contenção F1 e verá os vidros explodirem. Agora, temos de voltar para a Ala Médica, mas cuidado, pois haverá um Perseguidor lá. Passe cautelosamente por trás dele, e quando estiver no túnel, ele começará a nos perseguir. Corra até a porta para trancá-lo atrás de você.

De volta para onde ficou o Omnitool e o novo traje, vá até o traje e instale as três peças que obteve. Depois de fazer isso, volte ao terminal e escolha Ativação do TEH e Cápsula D. Simon aceitará trocar de corpo, e Catherine pedirá para ir até a sala ao lado. Mexa no painel, e terá de calibrar os parâmetros. Configure a onda como 1 de Frequência, 5 de Deslocamento e 7 de Amplitude, e escolha “Bloquear Parâmetros”. Sente-se na cadeira e veja a cena. Ao se levantar, estará em um novo corpo, com um novo traje! Você pode voltar ao painel onde o seu corpo antigo está, e poderá desligar a bateria, matando seu antigo corpo. Seja como for, pegue o Omnitool de volta e entre na passagem agora aberta. Use o Omnitool para pressurizar a sala novamente para poder sair ao oceano, e irá liberar um troféu:

Um Novo Você

Esse troféu será liberado quando trocar de corpo na Estação Omicron.

A Descida

Caminho para Tau

Quando a viagem terminar, levante-se, pegue o Omnitool do painel e use-o no terminal para abrir a porta adiante. Siga para a esquerda e desça a rampa. Olhando para a esquerda, verá uma guarita iluminada, onde pode ver algumas informações no painel, mas nada de importante. O galpão iluminado à direita possui um Data Buffer. O próximo galpão do lado direito possui uma alavanca do lado de fora que liga as luzes. O galpão do lado oposto possui um pequeno mapa, se quiser. Seguindo em frente, verá um poste indicativo com uma alavanca. Acione a alavanca para ligar algumas luzes azuis, que indicam o caminho para Tau. Ignore os tubarões que aparecem. Continue em frente e entre na porta aberta para ver mais um painel informativo, desta vez sobre a fauna local. Há um Ponto de Cura no local. Saindo da cabine, continue seguindo em frente, pelo escuro e em meio à tormenta, prestando atenção nas luzes ao fundo. Haverá enxames de Piranhas no local, e elas são agressivas, então tome cuidado e se esconda dentro dos contêineres que encontrar pelo caminho para se proteger. Continue seguindo as luzes azuis até ver mais um local em que pode entrar.

Nesse local, encontrará um Data Buffer, um Ponto de Cura e uma alavanca que ligará a energia do local. A próxima etapa da travessia será mais complicada. Saindo do local, há uma garagem ao lado, com um painel. Escolha a opção “Chamar” para atrair um robô amigável até a sua localização. Então, escolha a opção “Tau” para mandar esse robô até a Estação Tau, e poderá seguir esse robô em meio à escuridão. Ignore distrações que podem aparecer, não se perca do robô. Mais para a frente, o robô será destruído por um animal marinho gigantesco, mas não se preocupe, haverá uma luz azul por perto. Continue seguindo as luzes e elas lhe levarão até a entrada de uma caverna. Esta caverna está infestada de aranhas, é bom que não sofra de aracnofobia. Siga pela caverna e fique atento às luzes para não se perder, pois há vários caminhos alternativos. O caminho correto estará sempre indicado por luzes.

Quando sair do outro lado da caverna, agora precisará começar a tomar cuidado com luzes. Encontrará peixes-lanternas, peixes que habitam águas profundas e possuem uma espécie de luz na cabeça (esses peixes existem mesmo, pesquise). Só que esses Peixes-Lanternas são agressivos, não vá na direção deles! Procure as luzes azuis de postes de energia, e não vá na direção da luz de peixes-lanternas e nem de inimigos que podem aparecer. Haverá Homens-Lanterna também, monstros humanoides com cabeça de luz, não vá na direção deles. Persista no caminho, seguindo as luzes, e chegará à Estação Tau. Aperte o botão para abrir o portão, entre e use o Omnitool no terminal para despressurizar o ambiente.

Local Tau

Siga em frente pelo corredor e ignore a porta à direita, que leva à Dive Room (Sala de Mergulho), não há nada lá. Siga em frente e verá um Ponto de Cura na bifurcação. A sala à direita, de Maintenance (Manutenção), estará trancada, então continue pelo corredor. Ouvirá uma sirene de emergência. Ignore a porta à esquerda, para Service Station (Estação de Serviço), e continue em frente. Na bifurcação, vire à direita e abra a porta pressurizada. Mantenha distância, pois do outro lado da porta haverá um novo monstro lhe esperando, que eu chamarei de Mergulhador. Volte pelo corredor por onde veio, e entre na Estação de Serviço. O Mergulhador irá lhe seguir, feche a porta atrás de você para atrasá-lo. Saia pela outra porta para dar a volta no corredor e então entre na porta pressurizada por onde o Mergulhador veio. Na próxima bifurcação, vire à esquerda e verá outra porta pressurizada à esquerda. Aperte o botão para começar a abri-la, e então corra porque o barulho irá atrair o Mergulhador para cá. Siga para o lado oposto e abra a porta do Laboratory (Laboratório). O som atrai o Mergulhador, então apague as luzes para se esconder no escuro e ande agachado para não fazer barulho. Saia pela outra porta e dê a volta no local. Volte para a porta pressurizada que abriu por último e entre. Abra a próxima porta e então suba a escada defronte. Aqui em cima, estará seguro. Siga em frente e desça pela outra escada, caminho este do qual não terá mais volta.

Abra as portas adiante e entrará em Living Quarters (Área Comum). Vá para a direita e entre na porta ao lado, indicado como Dispatch (Despacho). Mexa no painel e verá algumas opções. Escolha “Travas das Portas” e verá que todas as salas estarão destravadas com exceção da Enfermaria e da Cabine A. A Enfermaria pode ser destravada agora, mas a Cabine A precisará de uma senha. Volte para a Área Comum e, se quiser, poderá entrar nos vários dormitórios aqui e examinar os corpos para conseguir Data Buffers. Depois, entre na porta indicada como Infirmary (Enfermaria), suba a escada e abra a porta. Veja só, encontrará uma pessoa aqui! Fale com a Sarah Lindwall, a última humana viva no planeta. Ela esteve guardando a Arca por todos esses anos, esperando alguém que pudesse seguir com o plano. Agora que aparecemos, ela quer que a gente leve a Arca e a mate de uma vez por todas. Ela não tem forças para sair dali. Ao final da conversa, irá liberar um troféu:

Espécies em Perigo

Esse troféu será liberado quando conhecer a última humana viva.

Você pode falar com ela mais algumas vezes, mas ela insiste na ideia de querer morrer. Para cumprir a vontade dela, mexa na máquina de suporte e escolha “Desativar”. Esteja presente nos últimos momentos e no último suspiro da Sarah. Mexa no computador ao lado e escolha Travas das Portas. Tente destravar a Cabine A, e verá o código necessário aparecer na tela. Digite-o e irá destravar a sala. Agora, pegue a Arca, o motivo pelo qual viemos até aqui. Mas não podemos descer escadas segurando a Arca. No canto da Enfermaria fica um elevador de carga, chame-o pelo botão branco ao lado, e coloque a Arca no elevador. Desça a escada de volta para a Área Comum.

Como a Cabine A está aberta agora, pode entrar. É a cabine de Johan Ross, a entidade que vem nos perseguindo desde o começo do jogo. Você pode investigar a sala e ouvir alguns áudios interessantes no tablet que está na mesa, se quiser. Quando estiver satisfeito, saia e entre na porta indicada como Dive Room (Sala de Mergulho). Desça a escada, abra a porta e abra a porta do outro lado. Não se assuste com a sirene e com a água, a porta se abrirá normalmente. Chame o elevador de carga para este andar e pegue a Arca. Entre na porta, coloque a Arca sobre a plataforma e opere o painel ao lado. Escolha Anexar para que um gancho carregue a Arca, então use o Omnitool no terminal para começar a inundar a sala. Os três canos do local irão entupir, então terá de remover os canos manualmente para inundar a sala à força. Vá até cada um dos canos (identificados pelos escritos) e os arranque.

Siga a arca pelo caminho, removendo detritos e rastejando sob os obstáculos pelo caminho. Ao final do caminho, poderá remover parte do entulho para encontrar um corpo. Examine o corpo para ouvir o Data Buffer. Depois de embarcar a Arca, dê meia-volta. Volte pelo túnel, atento à parede da direita, para encontrar um túnel. Rasteje pelo túnel e siga em frente até chegar a um local chamado Alpha.

Local Alpha

Siga em frente, e verá duas portas. A da direita leva a um beco sem saída, então siga pela porta defronte. Desça a escada e siga pelo caminho único, não tem como se perder. Estará tudo destruído e cheio de destroços, mas o caminho é simples. Ross irá nos interromper para dizer que seu plano é destruir o WAU, essa gosma estranha que está corrompendo as máquinas e que é o grande inimigo do jogo. Siga pelo túnel, e chegará à WAU Corre Isolation Laboratory (Laboratório de Isolamento do Núcleo do WAU). Encontrará o núcleo de todo o WAU. Aproxime-se e interaja com ele para destruí-lo.

Não satisfeito com isso, Johan Ross agora quer nos matar. Ele diz que, enquanto não morrermos, o mal ainda pode retornar. Bem, não podemos deixar que isso aconteça! Saia correndo para a porta mais próxima, abra-a e continue correndo. Chegando a uma área ampla, o WAU, no formato de um ser marinho esquisito, aparecerá para nos perseguir. Acompanhe as luzes azuis enquanto segue em frente, e se esconda nos túneis pelo qual passar. Há vários Pontos de Cura pelo caminho, use-os se ficar ferido. Ao final do caminho, encontrará a Estação Phi. Aperte o botão para abrir a entrada, entre e use o Omnitool no terminal para despressurizar a área. Liberará um troféu:

Seu Expresso para as Estrelas

Esse troféu será liberado quando chegar à Arma Espacial Ômega.

Local Phi

O fim está muito, muito próximo agora. Siga em frente pelo corredor até uma sala ampla, identificada como Control Room (Sala de Controle). Instale o Omnitool no terminal à esquerda e converse com a Catherine. Se quiser mais informações, há um computador ligado do outro lado da sala. Agora siga para a porta indicada como Loading Dock (Doca de Carregamento). Desça a escada e siga para a sala mais ampla. Vá para a esquerda e vire à direita, para uma seção chamada Electrical Room (Sala Elétrica). Vá até o painel de energia e arranque a Battery. Do lado oposto, abra a porta para Loading Platform (Plataforma de Carregamento). Há um corpo no chão, do qual poderá ouvir a Data Buffer, e esse é muito interessante de se ouvir, pois fala sobre a Catherine. Há uma cápsula vazia aqui, mas precisamos encontrar a Arca. Saindo dessa sala, siga agora para o outro lado da sala, para uma área onde verá um Ponto de Cura. No final da sala, coloque a Battery no painel e abra a porta. Encontrará a Arca! Antes de qualquer coisa, pegue a Battery de volta. Agora pegue a Arca e carregue-a de volta para a cápsula vazia lá na Plataforma de Carregamento. Coloque a Battery no painel de energia para ligar as luzes. Vá até o painel do lado da cápsula carregada com a Arca e pressione o botão amarelo. Conseguiremos carregar a Arca no foguete.

Agora volte para a Sala de Controle e pegue o Omnitool de volta. Entre na porta identificada como Launch Dome (Domo de Lançamento) e use o Omnitool no terminal. Irá inundar e pressurizar a sala mais uma vez. Quando acabar, saia pela outra porta. Siga pela plataforma e suba a primeira escada à direita. Coloque o Omnitool no terminal e sente-se na cadeira ao lado. Estará controlando o guindaste. Tudo o que precisa fazer é apontar para a cápsula equipada com a Arca e segurar R2 para que o guindaste pegue a cápsula. Agora aponte para a plataforma de lançamento e segure R2 novamente. Quando acabar, é só apertar o botão vermelho brilhante do lado esquerdo. Espere 20 segundos e pronto. E é isso, aproveite o final do jogo! Tudo deu certo no final, só que deu tudo errado ao mesmo tempo. Uma cópia de Simon se salvou, e a outra cópia, bem, ficou para trás. Mas calma, o jogo ainda não acabou! Espere subirem os créditos, e então poderá continuar controlando Simon Jarrett mais um pouco, para o epílogo final da história.

A Arca

Levante-se da cadeira e siga em frente. Saindo da caverna, estará no paraíso da Arca. Mais adiante, poderá preencher uma Pesquisa de Satisfação, se quiser. Siga em frente agora, até assistir ao final definitivo do jogo. Ao final de tudo, liberará o último troféu:

O Fim

Esse troféu será liberado quando fechar o jogo.

E é isso. Infelizmente, esse baita jogo não possui troféu de platina. Parabéns por ter completado Soma, esse baita jogaço de terror e suspense!

E chegamos ao final do nosso detonado completo e guia de troféus de Soma, exclusivo aqui do Games Ever! Espero que tenha gostado!

Confira também nossos outros detonados.

João Paulo Solano Lopes Filho

Sou um fã de videogames desde que me conheço por gente, principalmente de RPGs. Tento convencer os meus pais e a mim mesmo que não sou um viciado (acho).

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial