Continua após a publicidade..
DestaqueNotíciasPlayStationRetrôReview

Monster Hunter Freedom 2 | REVIEW

Continua após a publicidade..

E depois do sucesso alcançado em Monster Hunter Portable (Freedom no ocidente), a Capcom preparou uma sequencia para o game. O que muitos esperavam na época era que Monster Hunter Freedom 2 fosse um porte de Monster Hunter 2 Dos de Playstation 2, mas a Capcom surpreendeu trazendo um game “novo” e não apenas um porte de uma versão de PS2, assim como foi com o primeiro Monster Hunter Freedom.

  • Desenvolvedora: Capcom
  • Publicadora: Capcom
  • Lançamento: 22 de fevereiro de 2007
  • Número de jogadores: Até 4 jogadores (online)
  • Gênero: RPG / Ação
  • Plataformas: PSP, PSVita

Monster Hunter Freedom 2

Bem vindos a Vila Pokke!

Ao iniciarmos Monster Hunter Freedom 2, o game nos pergunta que se queremos importar o save de Monster Hunter Freedom 1 (caso tenhamos o save do primeiro game). Podemos importar o nosso Hunter da aventura anterior, como também alguns itens e uma certa quantia de dinheiro.

Após isso, somos apresentados a Vila Pokke, que fica escondida entre as montanhas gélidas e praticamente inóspitas do mundo de Monster Hunter.

De início, faremos a mesma coisa que fizemos no game anterior, conversar com as pessoas da vila, para saber aonde fica o ferreiro, a moça da lojinha de itens, a guilda e a chefe da vila, na qual nos passará todas as quest’s do modo história. Feito isso, podemos participar de algumas missões de coleta de itens, ervas, mel, cogumelos, ou mesmo caçar uns bichos pequenos apenas para pegar o jeito e se familiarizar com o mapa.

Completando essas missões “chatinhas”, é nos dado as missões de caçar os monstros mais difíceis e agressivos. Para isso, é muito importante estar preparado para os embates, tal qual com uma armadura resistente, uma boa arma e itens de auxilio para que você não seja caçado pelo monstro na qual você foi caçar!

Monster Hunter Freedom 2

Pokke, a vila aconchegante…

É perceptível que a vila de Pokke é mais bonita e detalhada do que a Vila Kokoto do primeiro Freedom. Parcialmente coberta de neve, Pokke tem um certo charme que não existia na vila anterior. Além disso temos a nossa “fazendinha” em que podemos cultivar mel, ervas e cogumelos, além de poder minerar e pescar certos peixes no lago. Mas para que a nossa fazenda fique cada dia melhor, precisamos acumular pontos ao completar as quests e trocar esses pontos por melhorias na fazenda.

Os mapas também estão mais bonitos e detalhados, até mesmo os mapas que vieram do game anterior receberam um “up” em detalhes e ficaram mais bonitos. Junte isso aos monstros que também receberam um banho gráfico e estão mais bonitos do que suas versões de PS2. O garoto propaganda Rathalos está bem mais detalhado do que a sua versão anterior. Podemos ver ele abrindo e fechando os olhos, além da pelugem que sai de certas partes do seu corpo serem mais detalhadas também. Escamas e penas também estão mais reais aqui em Freedom 2 do que em 2Dos.

Novo jogo, novas armas e novos monstros!!

É praticamente lei em que um novo game da franquia Monster Hunter seja lançado com alguma coisa nova. Em Freedom 2 temos a chegada da Long Sword, uma espécie de “katana” com uma lâmina longa, temos a Gun Lance, na qual temos um escudo e uma lança que além de bater, pode dar tiros nos inimigos!

Monster Hunter Freedom 2

Também temos o Hunting Horn, que nada mais é do que um “berrante” que serve não só para descer a pancada no monstro, mas também serve para causar status positivo/negativo conforme tocamos as notas dele. Isso varia de Hunting Horn para Hunting Horn em que alguns podem restaurar um pouco do HP do Hunter, outros podem melhorar os nossos ataques, ou diminuir a defesa do monstro. Nas mãos certas, essa arma será de grande ajuda em partidas online. E por último temos a chegada do Bow, arma de longa distancia que possui uma mobilidade bem mais rápida e dinâmica do que a Heavy Bow Gun do game anterior.

Mas não pense que Monster Hunter Freedom 2 se contentaria em apenas trazer uma nova vila e 4 novas armas. Aqui temos a chegada de novos monstros como Tigrex, um dos bichos mais insanos de toda a franquia, ou mesmo o White Fatalis, um dos monstros mais queridos e icônicos que possui toda uma lore mistica em seu entorno.

Na verdade, praticamente todos os monstros vistos em Monster Hunter 2 Dos de PS2 se encontram em Freedom 2, menos Yamatsukami, que em seu lugar foi colocado o novo monstro chamado Akantor. Alías, todos os monstros aqui estão um tanto mais difíceis e mais bonitos do que MH2Dos de PS2. Nitidamente um excelente trabalho vindo da Capcom.

Monster Hunter Freedom 2

Porque Freedom 2 não é um porte de Dos2?

O porque da Capcom não ter portado MH2Dos de PS2 para o PSP nós nunca saberemos de verdade, o que podemos especular é que no game de PS2 tínhamos um sistema de horas/estação do ano. Existiam quests que só poderiam ser feitas no período da manhã, outras no período da noite, tal como algumas ficarem liberadas somente no verão ou inverno e por aí vai.

Não é um sistema ruim, mas por vezes queríamos enfrentar certo monstro mais vezes, para juntar peças necessárias para a construção de alguma arma/armadura e quando víamos, a temporada já havia terminado, outra estação chegou e tínhamos que esperar até que a quest ficasse disponível outra vez.

Continua após a publicidade..

Talvez prevendo que as pessoas não iriam curtir muito isso em um portátil, e prevendo que o público ocidental talvez não teria paciência para isso, a Capcom resolveu trazer uma vila totalmente nova e retirar tudo o que pudesse lembrar o sistema de horas e estações do ano de MH2 Dos, deixando assim Freedom 2 mais parecido com o game anterior e focado apenas em concluir as quests e grindar peças e suprimentos.

Monster Hunter Freedom 2

Jogabilidade aprimorada!

Se você viu a nossa review de Monster Hunter Freedom já sabe que o game peca um pouco na questão da sua jogabilidade. O Hunter é um tanto quanto “pesado e duro” na tela, por vezes sendo muito lento para se rolar/defender de uma investida de algum monstro.

Já em Freedom 2 as coisas deram uma melhorada, não tão drástica quanto foi em Monster Hunter 4 Ultimate e Monster Hunter World (que traremos review’s futuramente), mas se comparado com o primeiro game, é sim uma boa melhoria. É perceptível o quanto o nosso personagem se locomove mais rápido e pode se esquivar com um pouco mais de facilidade, mas ainda sim, ficar rotacionando a câmera com o botão L não ajuda muito, pior ainda podemos ajustar a câmera apertando o D-Pad do controle, o que é bem desconfortável. Se estiver jogando pelo PS Vita, pode configurar para que o analógico direito regule a câmera e deixar a partida mais agradável.

No mais, posso dizer que Freedom 2 é como se fosse uma expansão do primeiro game, pois temos um mapa novo que começa no pé de uma montanha e podemos subi-la e até entrar em seu interior, para explorar tudo o que ela tem a oferecer. Só que, todos os outros mapas do game anterior retornam aqui, dando uma sensação de “mais do mesmo” sabe? O que tira um pouco essa sensação é os novos monstros que podemos enfrentar, mas ainda sim, acho que a Capcom poderia ter feito mais mapas novos do que reciclar do game anterior.

Monster Hunter Freedom 2

Monster Hunter Freedom 2 Vale à Pena?

Sem sombra de duvidas vale sim! É um game recheado de conteúdo, com muitos monstros para enfrentarmos, mais de mil armas e armaduras para criamos, além de gerenciamento da fazenda e mais de 5 mapas para explorarmos.

O conceito que eu havia dito na review de Monster Hunter Freedom permanece inalterado aqui: Precisamos respeitar os monstros que iremos enfrentar, estudar seus movimentos e identificar suas aberturas para ai sim atacarmos e ganharmos certa vantagem nas lutas.

Com toda certeza, Freedom 2 não é um game fácil e junto de sua jogabilidade um pouco melhorada se comparada com o game anterior, mas ainda muito truncada e pesada, pode afastar uma galera que está mais acostumada com os Monster Hunter’s atuais como World e Rise.

Um conselho que posso dar é: Caso tenha finalizado Monster Hunter Freedom recentemente, não vá direto para Freedom 2, pois isso irá deixá-lo com uma sensação de mais do mesmo. Vá jogar alguma outra coisa no seu PSP ou Vita e só depois disso vá jogar Freedom 2. Assim você não ficará cansado em ter que passar pelos mapas que já viu no game anterior.

Gráficos - 90%
Jogabilidade - 75%
Dversão - 85%
Som - 95%
Dificuldade - 100%
Fator Replay - 90%

89%

Monster Hunter Freedom 2 é um game mais conservador se comparado a MH2Dos, trazendo uma jogabilidade mais parecida com o game anterior, ao invés de trazer elementos como mudanças de estações e períodos de dia/noite. Jogabilidade um pouco melhorada e novos monstros ajudam no interesse nas caças, mas a falta de novos mapas deixa o game com um ar de "DLC" do primeiro Freedom.

User Rating: 5 ( 1 votes)

Ricardo Dias

Apenas um gamer veterano que só quer saber de jogar qualquer game em qualquer console, pois vídeo game é tudo de bom!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial