Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..
DestaquePCPlayStationReviewSwitchXbox

DREDGE | REVIEW

Continua após a publicidade..

DREDGE é um game na qual nos coloca na pele de um pescador que precisa desbravar águas “teoricamente” calmas, porem misteriosas para conseguir pescar os mais exoticos peixes e de quebra descobrir o que anda causando algumas atividades sobrenaturais na região.

  • Jogo: DREDGE
  • Desenvolvedora: Black Salt Games
  • Publicadora: Team 17
  • Lançamento: 30 de março de 2023
  • Número de jogadores: 1 jogador
  • Gênero: Aventura
  • Plataformas: Switch, Xbox Series, Xbox One, PC, PS4 e PS5

Bora pescar uns peixinhos bonitinhos? (ou não tão bonitos assim…)

Como já dito no começo desse review, somos resgatados depois de um naufrágio e o prefeito da cidade nos cede um barco, na qual podemos pagar as parcelas dele em suaves prestações. Para tal, precisamos ir para o mar e pescar os mais diversos peixes.

Assim, podemos vender esses pescados e levantar uma grana para pagar ao prefeito pelo barco e de quebra fazer algumas melhorias no barquinho. Essas melhorias nos ajudam à explorar novos locais e desbravar águas turvas em busca de reliquias e também alguns mistérios sobrenaturais que rondam as ilhas próximas.

DREDGE em si é um game bem de boa que requer do jogador um pouco de paciência e estratégia para administrar os recursos que estão disponíveis naquele momento. Digo isso porque é necessário administrar a quantidade de peixes pescados com o limite de armazenamento do estoque do barco. Além disso, é necessário sempre que possível levar os pescados para serem vendidos antes que os mesmos comecem a apodrecer e assim perderem o seu valor de mercado.

Não apenas isso, mas o pescador em si precisa de uma atenção especial, tendo em vista que ele possui um ícone de cansaço que vai se enchendo e deixado-o cada vez mais…. cansaço! E isso não é pouca coisa, pois quanto mais cansado fica nosso pescador, mais coisas estranhas acontecem ao seu redor, como, por exemplo, bichos que aparecem do nada para danificar o barco ou pedras e outros detritos que surgem na nossa frente somente para causar problemas ao nosso barquinho. Também existe a necessidade de se pescar à noite e é nesse período do dia que a atenção precisa ser redobrada, pois peixes exóticos e até bizarros e bestiais aparecem e precisamos estar com a sanidade 100% de boas para encarar esses desafios. Isso sem contar nas atividades paranormais que ocorrem também à noite e testará nossa sanidade!

Bonitinho, porém requer paciência…

O que falar dos gráficos de DREDGE? São simples, porém bonitos e cativantes. Com um estilo cartunesco, o game me pegou de um jeito que eu não sei explicar. Ele me lembrou alguns desenhos animados que eu assistia quando era pequeno, ali em meados dos anos 1990 em um sábado chuvoso em que eu só queria ficar em casa vendo TV.

Essa sensação de desenho animado e nostalgia me pegaram de um jeito que eu não sei explicar. O que posso explicar é que gostei muito dos gráficos e dos efeitos sonoros e da trilha de músicas. Os efeitos são bem gostosos de se ouvir, pois mistura músicas clássicas com sons ambientes do mar batendo no casco do barco, sons de pássaros, maresia das águas, sons do vento… é muito relaxante tudo isso. Tirando claro nos momentos tensos nas quais me vi pescando um peixe absurdamente grande e que proporcionou uma boa luta até que finalmente pude pescá-lo.

E por falar em luta, em DREDGE aconselho que você tenha muita paciência ao joga-lo, isso porque não basta fazer as quest’s principais, é necessário também fazer algumas side-quests para ganhar mais dinheiro e melhorar seu barco. Com o barquinho ajeitadinho, as adversidades que você irá encontrar pelo caminho serão transpostas com mais facilidade. Mas isso leva tempo e dedicação e nem sempre é muito legal ficar vasculhando ilha após ilha para pescar algum peixe mais valioso ou mesmo encontrar algum artefato no fundo do mar que possa lhe render uma grana extra. Essa lentidão em conseguir seguir nas missões principais podem afastar alguns jogadores, mas deixo aqui a minha dica de que, com perseverança, você conseguirá avançar no game e descobrirá que seu naufrágio não foi por acaso…

Um mini mapa e ícones ajudariam um pouco né!

Um dos poucos problemas que presenciei em DREDGE é a falta de um mini mapa enquanto navegava. Sempre que eu achava que estava perdido, tinha que abrir o mapa-mundi e ver se estava indo para a direção correta. Isso seria facilmente contornado se tivessemos um mini-mapa para me orientar enquanto navegava. Também achei meio chato o fato do jogo não marcar um local ou pessoa importante no mapa. Por vezes precisei vasculhar o mapa inteiro para encontrar uma pessoa especifica para entregar algum peixe que o mesmo havia me pedido. Se pelo menos o cara ficasse marcado no mapa, seria muito mais fácil completar a quest e entregar a mercadoria para o fulano sem precisar gastar horas e mais horas rodando as ilhas para identificar a pessoas que pediu tal peixe. E o pior disso é que ficar procurando a pessoa certa leva tempo e o peixe com o tempo pode estragar e ai, sua quest foi pro vinagre pois terá de pescar o bicho de novo e encontrar a pessoa que pediu o maldito bicho!

DREDGEVale a Pena?

DREDGE é um jogo indie que realmente me cativou. Além de ser bem bonito e com efeitos sonoros bem gostosinhos de se ouvir, ele possui uma certa dose de aventura, exploração e até toques lovecratianos. Desbravar o sobrenatural também faz parte do nosso trabalho como pescador.

O mar esconde muitos peixes estranhos e raros e quanto mais raro for o pescado, mais dinheiro conseguimos para melhorar nosso barco e assim, explorar novos locais em busca de artefatos valiosos e peixes raros.

A progressão é um tanto quanto lenta e requer um pouco de paciência e dedicação do jogador para concluir o game. Mas lhe garanto que é muito satisfatório chegar ao fim do game e descobrir os minsterios que assolam o pescador e seu barco.

DREDGE | REVIEW

Gráficos
Jogabilidade
Diversão
Som
Dificuldade
Fator Replay

DREDGE é um game indie extremamente competente, bonito e misterioso. É um game que requer um pouco de paciência do jogador, mas que vai recompensar com os mistérios que ele possui.

User Rating: Be the first one !

Ricardo Dias

Apenas um gamer veterano que só quer saber de jogar qualquer game em qualquer console, pois vídeo game é tudo de bom!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo