Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba é um popular mangá japonês escrito e ilustrado por Koyoharu Gotouge. Publicado de 2016 a 2020 na revista Weekly Shonen Jump, o mangá logo se popularizou, vendendo mais de 150 milhões de cópias. Tanto o mangá quanto o anime e o filme viraram um sucesso estrondoso, e o game da CyberConnect2 e Sega tenta emplacar o mesmo sucesso nos videogames. Lançado em 2021 para diversos consoles, o game chega agora para Nintendo Switch. Será que vai repetir o mesmo sucesso? É o que veremos no decorrer da nossa análise.

  • Jogo: Demon Slayer: The Hinokami Chronicles
  • Desenvolvedora: CyberConnect2
  • Publicadora: Sega
  • Lançamento: 10/06/2022 (Switch) 15/10/2021 (Demais)
  • Número de Jogadores: 1 (2 online)
  • Gênero: Ação
  • Plataformas: PS4, PS5, XONE, XSXS, SW, PC
  • Site Oficial: Aqui

Uma História de Vingança

Se não conhece o mangá ou anime, a história se passa no período Taisho do Japão e conta a história de Tanjiro Kamado, um jovem que vivia pacificamente com a sua família nas montanhas até o dia em que viu todos que ama serem brutalmente assassinados por demônios. Sua irmã mais nova, Nezuko, é a única sobrevivente, mas está se transformando em um demônio.

Começa então uma intensa história de vingança, em que Tanjiro inicia o treinamento para entrar no Demon Slayer Corps e se tornar um matador de demônios e poder vingar sua família. Como dá para perceber, a história é sangrenta e violenta, e o caminho de Tanjiro é extremamente perigoso e repleto de desafios contra perigosos demônios mortais com força sobre-humana.

Jogando um Anime

A arte de Demon Slayer: The Hinokami Chronicles é muito boa, e a equipe de desenvolvimento conseguiu passar toda a bela arte ao game. A versão de Switch é lindíssima de se assistir, assim como as versões anteriores para PS4 e Xbox também eram. Todo o trabalho de arte foi muito bem empregado, tanto as cenas quanto no gameplay em si, com gráficos belíssimos e cenários deslumbrantes.

Quanto ao audiovisual, o game também está muito bem caprichado. A vasta maioria dos diálogos são dublados e trazem todo o sentimento do anime para o jogo. O jogador pode escolher se quer ouvir a dublagem em inglês ou original em japonês, o que é bem legal para se sentir imerso no universo do anime. As músicas do anime estão presentes também, e inclusive estão disponíveis para serem escutadas a qualquer momento dentro de um menu específico dentro do jogo.

Uma pena que as legendas não estão em português, então, se não souber inglês, irá ficar sem entender a história, até porque boa parte do tempo de jogo estará apenas assistindo a cenas e diálogos. O game explica muito bem o acontecimento do anime para quem não assistiu, com diversas cenas e diálogos explicativos, mas o fato de estar apenas em inglês com certeza será um empecilho para quem não conhece o idioma.

O Caminho da Espada

Demon Slayer é um jogo de ação, com dois momentos distintos: exploração e combate. Nos momentos de exploração, controlará o protagonista Tanjiro andando por cenários diversos. Poderá explorar pequenos cenários lineares, sempre seguindo adiante para o próximo ponto indicado no mapa. No caminho, poderá conversar com outras pessoas e encontrar itens.

Há segredos e itens escondidos que pode coletar e fazer pelos cenários, também. O mapa indica a localização dos itens espalhados pelo cenário, de modo que fica fácil não deixar nada para trás. A exploração é sempre acompanhada por cenas animadas que mostram diálogos com outros personagens. Encontrará inimigos para matar ao longo do caminho, e ao final de cada trecho de exploração sempre vem um chefe difícil.

Sangue de Demônios

Já as partes de combate são as lutas em si. O game possui combates intensos focados no um contra um, em que dois combatentes desferem seus golpes especiais e quem tirar a vida toda do oponente vence. Além de golpes comuns com espada e técnicas, o jogador pode usar uma série de poderes especiais que são ativados gastando barras de poder. Ele pode usar Boost, que deixa o personagem mais forte por um tempo, ou poderosos golpes de finalização que gastam a barra toda mas causam muito dano no inimigo.

As batalhas difíceis contra chefes são o ponto alto do jogo. Os chefes batem forte e resistentes, tendo múltiplas barras de vida e fases de batalha. Às vezes, eles são bem rápidos e dominam o terreno com habilidades de longo alcance. Os chefes sempre oferecem um grande desafio para o jogador, muito à frente dos inimigos comuns das fases.

Além disso, nas batalhas principais do jogo haverá momentos chamados Trance Memory, que são de Quick-Time Events, no qual terá de pressionar uma série de botões no tempo certo para conseguir desferir algum golpe especial. Vencer esses QTEs sempre rendem grandes cenas de ação, e são simples no começo mas ficam complicados conforme se avança para os grandes demônios do jogo.

Desafios Intermináveis

A história do anime é muito boa, e dá pano para manga para diversas batalhas épicas. O sistema de batalha fica cada vez mais intrincado conforme avança, de modo que golpes simples sem paciência começam a não funcionar contra inimigos comuns e chefes. Será preciso estudar bem seu adversário e encontrar brechas para conseguir atacar, além de aprender a usar golpes especiais no momento certo se quiser ter alguma vantagem. Esmagar botões não funcionará aqui.

Além do combate tático, haverá diversos momentos em que irá controlar outros personagens além do Tajiro, sempre de acordo com o momento do anime. Será preciso aprender a dominar os comandos e ataques de cada personagem do game, suas forças e fraquezas. Também terá de aprender a lutar em equipe, pois é possível usar seu companheiro durante a luta para distrair o oponente ou te proteger de um ataque.

Ao final de cada batalha, receberá um ranking baseado no seu desempenho durante a luta. E os rankings das batalhas se somam ao final do capítulo, formando o rank final do capítulo. Conseguir ranking S, que é o máximo, parecerá bem simples no começo do jogo, mas logo começará a ser um desafio e tanto para ser conseguido. Conseguir o ranking S nos capítulos irá destravar cenas extras e conteúdo adicional, de modo a incentivar a jogador a sempre dar o seu melhor.

Completando capítulos nos rankings maiores, poderá habilitar desafios extras, que podem ser jogados em múltiplas dificuldades. Alguns desafios extras no modo Hard irão dar bem mais trabalho do que os chefes habituais de capítulo, então é bom estar preparado. O game normal não é muito difícil, e é fácil pegar o jeito dos combos, mas os desafios maiores estão lá para não sentir o jogo tão fácil assim.

É possível lutar novamente qualquer batalha do game, sem precisar passar novamente pelos trechos de exploração. Também pode jogar as fases de exploração novamente, se quiser. Assim, poderá sempre voltar para pegar algo que esqueceu ou para melhorar seu ranking em alguma luta. Isso acrescenta bons pontos ao fator replay do game, pois suas batalhas preferidas podem ser repetidas quantas vezes quiser.

Além disso, repetir batalhas já lutadas concedem Kimetsu Points, pontos que também podem ser encontrados nas fases. Eles são usados para destravar ainda mais conteúdo nas telas de recompensas do game, de modo que ainda será recompensado se quiser repetir as mesmas lutas diversas vezes.

Prato Cheio para os Fãs

Conforme avança na história, irá disponibilizar Memory Fragments, que são pequenos trechos de história que contam acontecimentos do anime em momentos fora da história geral do jogo. Esses fragmentos são muito importantes para que o jogador consiga entender o passado dos personagens e a motivação por trás de muitos dos acontecimentos no jogo, principalmente se ele não assistiu ao anime. Há um total de 53 Memory Fragments para se liberar e assistir.

Há uma grande quantidade de extras e cosméticos para serem liberados. Há um total de 43 roupas diferentes que pode destravar para os lutadores, 503 fotos e imagens de momentos marcantes do anime, 441 frases marcantes dos personagens, com vozes gravadas para ouvir quando quiser, e ainda 85 músicas do anime para escutar também sempre que quiser.

Fora isso, também irá destravar batalhas especiais, novos personagens jogáveis e arenas de luta personalizadas também. Há um total de 18 personagens do anime para jogar, cada um com seus golpes característicos. É preciso jogar o modo história primeiro para habilitar os personagens, e é possível também habilitar alguns cosméticos, como roupas diferentes ou penteados diferentes. Após habilitar os personagens, é bom treinar um pouco com eles no extenso modo treinamento, que é completo e perfeito para se praticar combos e conhecer os novos golpes.

Slayer versus Slayer

Até agora, eu só falei do modo História do jogo, o Story Mode. Mas esse não é o único modo de jogo, apesar de ser bem extenso e ter bastante conteúdo. Assistirá muitas cenas, algumas bem longas, mas há vários capítulos e batalhas para se jogar.

Demon Slayer: The Hinokami Chronicles conta ainda com Versus Mode, um modo de combate em que dois jogadores podem se enfrentar e testar suas habilidades de combate um contra o outro, tanto presencialmente quanto online. Poderá usar todos os personagens jogáveis habilitados no modo história, não só caçadores de demônios, mas alguns dos demônios também podem ser controlados.

Controlar demônios é diferente de controlar humanos. Enquanto humanos podem contar a ajuda de outros durante a batalha, os demônios possuem golpes especiais e a capacidade de se regenerar quando usam Boost e Surge. É uma troca justa que, se devidamente treinado, pode ser uma grande vantagem nas mãos certas. Além disso, alguns personagens específicos possuem características únicas de combate, pensados no seu papel dentro da história do anime.

Após fechar o game, vale a pena tentar destravar todo o conteúdo do modo história. Levará algumas horas para conseguir vencer todos os desafios e conseguir todos os personagens, cosméticos e colecionáveis. Então, é só desafiar outros jogadores online e jogar com seus personagens favoritos, estendendo a duração do game por mais algumas horas de batalhas e desafios.

Demon Slayer: The Hinokami Chronicles – Vale a Pena?

Demon Slayer: The Hinokami Chronicles vale a pena demais. Além de ser um prato cheio para os fãs do mangá e do anime, o game é um excelente jogo de ação e merece a sua atenção. As batalhas foram muito bem pensadas e executadas, tornando o sistema viciante de jogar. Demon Slayer: The Hinokami Chronicles é um dos melhores jogos baseados em anime lançados ultimamente, e certamente uma referência dentro do segmento que eu adorarei jogar mais vezes.

Confira também nossos outros reviews.

Demon Slayer: The Hinokami Chronicles

Gráficos - 90%
Jogabilidade - 90%
Diversão - 100%
Som - 95%
Dificuldade - 90%
Fator Replay - 90%

93%

Demon Slayer: The Hinokami Chronicles vale a pena demais. Além de ser um prato cheio para os fãs do mangá e do anime, o game é um excelente jogo de ação, e merece a sua atenção. As batalhas foram muito bem pensadas e executadas, tornando o sistema viciante de jogar. Demon Slayer: The Hinokami Chronicles é um dos melhores jogos baseados em anime lançados ultimamente, e certamente uma referência dentro do segmento que eu adorarei jogar mais vezes.

User Rating: No Ratings Yet !
Clássico do PS1 com troféus A principais notícias do dia 15 de maio