Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..
DestaquePlayStationReviewSwitch

Alice Gear Aegis: Concerto of Simulatrix | REVIEW

Continua após a publicidade..

Depois do sucesso no Japão de um jogo gacha para celular, a franquia Alice Gears recebeu seu primeiro jogo para consoles, o Alice Gear Aegis: Concerto of Simulatrix. Longe do estilo gacha mas ainda com o mesmo apelo no carisma das belas garotas, o game de luta em arena tem tudo para conquistar os fãs do jogo para celulares e também novatos no estilo.

  • Jogo: Alice Gear Aegis: Concerto of Simulatrix
  • Desenvolvedora: Pyramid
  • Publicadora: Pqube
  • Lançamento: 16 de março de 2023
  • Número de Jogadores: 1 a 2
  • Gênero: 3D Action
  • Plataformas: PS4, PS5 e Switch
  • Site Oficial: Aqui

Dos Celulares para os Consoles

Alice Gear Aegis foi inicialmente lançado como um jogo de combate entre belas garotas com mechas para celular. Usando o visual anime, as garotas lutam em robôs de combate especiais fortemente armados chamados Alice Gear. No formato gacha, o jogo permitia aos jogadores obter diversas garotas diferentes, cada uma com sua história, personalidade e habilidades diferentes. O lado “colecionável” do jogo funcionava muito bem nos celulares, tanto que o jogo fez sucesso, mas não poderia manter o mesmo estilo para consoles.

A versão especial para consoles, Alice Gear Aegis: Concerto in Simulatrix, chega agora para PS4, PS5 e Switch trazendo o mesmo formato do jogo para celular, mas adaptado para os consoles. A mecânica de gacha não está presente aqui, não precisará gastar nenhum real a mais para obter nada dentro do jogo. Tudo pode ser obtido simplesmente com as moedas fornecidas pelo próprio jogo mesmo, seja novas personagens, armas ou equipamentos.

Lutas de Mecha

O jogo é de luta 3D. Isso quer dizer que as lutas são em um cenário aberto, com movimento tridimensional. Cada garota fica dentro de uma mecha, que tem liberdade total de movimento pelo cenário, voando para perto do adversário ou desviando para os lados. Cada movimento e a esquiva gastam boost, que é restabelecido automaticamente com o tempo. Cada personagem possui uma arma de longa distância e uma arma de curta distância de preferência, em um total de quatro tipos diferentes por categoria. Não é proibido trocar de tipo de arma, mas como cada mecha foi feito para se adequar àquele tipo de arma, vale a pena se acostumar com cada tipo de arma.

Entre as armas de fogo, temos: rifles, bazucas, pistolas duplas e rifles sniper. Cada arma possui seus prós e contras, tendo níveis diferentes de impacto, velocidade de disparo e de recarregamento. É bem diferente lutar com um rifle, que é uma arma rápida, ao invés de lutar com uma bazuca ou um rifle sniper. Já entre as armas brancas, temos: espada de duas mãos, martelo, lança e espada com escudo. Da mesma forma que as armas de fogo, as armas brancas possuem diferença entre si, e a escolha da arma branca certa que se adeque a cada personagem é sempre muito importante. Um martelo é muito mais lento e difícil de acertar do que uma espada, mas o dano causado será bem maior, em contrapartida.

O jogo também possui um sistema de elementos, apesar de este ser muito mal aproveitado. São quatro elementos: elétrico, gravidade, fogo e gelo. Cada personagem possui uma afinidade a um elemento, o que lhe permite causar mais dano com determinados tipos de arma ao mesmo tempo em que toma maior dano do elemento oposto. No final das contas, isso acaba interferindo muito pouco na gameplay, sendo quase irrelevante, mas está lá caso queira dar um toque mais estratégico à sua equipe.

Tabuleiro de Batalha

Todo o jogo se passa no meio do campeonato de Alice Gears, os mechas. As meninas se enfrentam em rounds, em times de três, e o time vitorioso receberá uma enorme quantia de dinheiro e prestígio. Conforme o campeonato avança, seguimos por uma espécie de tabuleiro, com um caminho pré-determinado pela nossa rota. São poucas escolhas possíveis, mas Isso nos permite escolher nosso próximo adversário, por exemplo, o que é bem útil. Como cada personagem possui afinidade com um elemento, podemos escolher adversários que não lidem bem com o elemento da nossa personagem principal.

Enquanto a maioria dos espaços do tabuleiro levam a batalhas, há espaços extras que possuem apenas itens, por exemplo. Esses itens são sempre cosméticos, não espere receber armas e equipamentos, apenas roupas e acessórios. Avançamos um espaço por dia, ao longo dos 30 dias que compõem o evento. A trilha disponível sempre muda, assim como os nódulos e os prêmios, mas ao final de cada ciclo sempre irá passar pela batalha principal, que será o chefe especial de cada fase do campeonato.

As batalhas são rápidas e envolventes, e quando pegar o jeito de lutar, não levarão nem 30 segundos. O avançar do jogo é bem rápido por causa disso, de modo que não fica cansativo, mesmo com tanta repetição de batalhas. A maioria das batalhas são 1 contra 1, mas o ápice do jogo está nos ferozes confrontos 3×3. Todos os confrontos principais serão nesse formato de 3 contra 3, e não espere que o oponente pegue leve com você. Será preciso fazer bom uso das suas habilidades e da estratégia de equipe. Mesmo assim, as batalhas não são realmente difíceis, e não será penalizado de nenhuma forma ao morrer. Sempre poderá tentar novamente se perder, quantas vezes quiser, sem penalidades.

Rivalidade Feminina

Não seria um legítimo jogo japonês se fosse apenas de uma batalha para outra, não é mesmo? Entre uma batalha e outra, verá uma curta cena de diálogo entre as meninas, ao melhor estilo visual novel. Os diálogos são completamente dublados, com as excelentes vozes profissionais japonesas. Não é nada longo demais a ponto de ficar enfadonho, é apenas o mínimo necessário para enaltecer o carisma das garotas e o desenvolvimento da interação entre elas. Como o jogo incluiu um modo de auto texto, tudo ficará ainda mais simples de se acompanhar. Mas caso visual novel não seja a sua praia e queira pular imediatamente essas cenas, basta pressionar um botão de skip.

Se a sua dúvida for se a história do jogo vale a pena, eu até diria que sim. Não há nada revolucionário aqui, o enredo básico do jogo é bem simples e previsível, sem reviravoltas ou qualquer coisa assim, mas ainda assim chega a ser divertido acompanhar os dilemas e dramas pessoais das meninas antes dos confrontos. A eterna rivalidade e amizade feminina sempre entra em cena, e ver a disputa de garotas com personalidades tão diferentes gera diversos momentos engraçados e interessantes,

Vale mencionar que os cenários que embelezam essas cenas de visual novel são muito bonitos e bem trabalhados. A animação das garotas também apresenta bom nível de capricho, ficando entre as mais bem feitas se fosse olhar apenas o lado dos visual novels, mas no geral ainda parece simples demais. Mas não chega a parecer estranho, e certamente não é feio, atendendo ao seu propósito. Se estiver acostumado a jogar visual novels japoneses, então se sentirá em casa com os diálogos e trejeitos, e repito que todas as conversas são dubladas e em boa qualidade, mas infelizmente só há áudio em japonês e legendas em inglês.

Elenco Feminino Recheado

O elenco do jogo é bem recheado, com garotas de todos os jeitos e estereótipos que um nerd fã de animes pode querer. Como é de se esperar, todas são jovens e bonitas, com cabelos coloridos e traços marcantes. Há 19 garotas disponíveis inicialmente no começo do jogo, e mais garotas ficam disponíveis conforme fecha o jogo com diferentes personagens. O plantel total é de 22 belas atrizes para escolher, admirar e lutar.

As garotas são ou estudantes do colegial ou adultas que trabalham na empresa Narukozaka. As três protagonistas iniciais são a Yotsuyu, a Sitara e a Fumika, mas há muito mais a se escolher. Como já foi dito, o elenco de beldades para escolher é bem vasto e não deixa a desejar. Cada uma das meninas possui uma personalidade e uma trama que as envolve, não sendo apenas mais um rostinho bonito colocado apenas para fazer número, apesar de parecer pela quantidade. Vale a pena jogar com cada uma das garotas para ver o campeonato do ponto de vista individual de cada uma delas.

Vista-as Como Quiser

Ao vencer cada batalha, receberá dinheiro e experiência. O dinheiro é usado para adquirir novas peças para nossa armadura, novas armas ou simplesmente cosméticos para decorar nossas garotas. Os cosméticos podem ser novas roupas, pinturas ou mesmo acessórios, como chapéus e óculos. Nada muito extravagante. Já a experiência permite às garotas aumentar de rank, o que na verdade, só serve para liberar alguns cosméticos exclusivos, não afeta em nada o potencial em combate.

Todas as armas, equipamentos e cosméticos comprados servem apenas para cada personagem, então não é possível comprar um cosmético e querer que todas usem, por exemplo. É preciso comprar aquele cosmético para cada menina individualmente, se for o caso. Algumas personagens possuem roupas e cosméticos únicos, também. Você até pode comprar armas e equipamentos para outros integrantes do seu grupo, mas o foco deve ser sempre no seu personagem principal. Uma vez que o seu personagem principal tenha todos os melhores equipamentos, aí vale a pena começar a equipar as outras duas meninas do grupo com armas e equipamentos melhores.

Campeonatos Sem Fim

E após fechar o jogo? Bom, não há muito mais o que fazer a não ser recomeçar tudo novamente com um novo personagem. Para a nossa sorte, tudo o que foi adquirido no jogo anterior, como armas, equipamentos e cosméticos, não se perderá. Então, quando for jogar com outra personagem, os personagens anteriores terão tudo o que já foi adquirido. Com o excesso de dinheiro, que continua de uma jogatina para a outra, já poderá comprar novos equipamentos para a nova personagem desde o início.

Cada vez que fechar o jogo, receberá uma grande quantidade de dinheiro, de experiência e também um baú grande que contém cosméticos diversos, só que de várias personagens diferentes. Ou seja, receberá cosméticos aleatórios, até mesmo de personagens com o qual nem jogou ainda. Como os cosméticos são individuais para cada, pode tentar adquirir todas as roupas e acessórios de todas as garotas, tarefa essa que não será nada fácil, posso lhe garantir. A quantidade de itens para comprar é bem alta.

E depois? Há um modo online no jogo também, em que poderá testar as suas habilidades em confrontos contra amigos ou desconhecidos pelo mundo. O jogo é bem amplo e variado, e certamente irá oferecer muitas e muitas horas de diversão.

Alice Gear Aegis: Concerto of Simulatrix – Vale a Pena?

Alice Gear Aegis: Concerto of Simulatrix certamente não é para qualquer um, e atende a um público muito específico, mas exigente e fiel. O game atende bem as suas expectativas, e oferece uma boa mistura de combate com visual novel, uma grande gama de beldades e uma boa variedade de habilidades e estratégias. Seja você um fã da franquia ou não, dê uma olhada no jogo e veja se lhe agrada. Caso seja um fã desse estilo de jogo, eu recomendo enormemente.

Alice Gear Aegis: Concerto of Simulatrix foi avaliado através de uma cópia gentilmente cedida pela PQube – Agradecemos a cordialidade!

Confira também nossos outros reviews.

Alice Gear Aegis: Concerto of Simulatrix

Gráficos - 8.5
Jogabilidade - 8.5
Diversão - 9
Som - 8.5
Dificuldade - 8
Fator Replay - 9.5

8.7

Alice Gear Aegis: Concerto of Simulatrix certamente não é para qualquer um, e atende a um público muito específico, mas exigente e fiel. O game atende bem as suas expectativas, e oferece uma boa mistura de combate com visual novel, uma grande gama de beldades e uma boa variedade de habilidades e estratégias. Seja você um fã da franquia ou não, dê uma olhada no jogo e veja se lhe agrada. Caso seja um fã desse estilo de jogo, eu recomendo enormemente.

User Rating: Be the first one !

João Paulo Solano Lopes Filho

Sou um fã de videogames desde que me conheço por gente, principalmente de RPGs. Tento convencer os meus pais e a mim mesmo que não sou um viciado (acho).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo