Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..
DestaquePCReviewSwitchXbox

Inkulinati | REVIEW

Continua após a publicidade..

Você por acaso chegou à jogar Okami? Um game muito bonito na qual contava a história da deusa Amateratsu que descia à terra na forma de um lobo e usava um pincel especial para pintar pontes, árvores, portões, riachos e afins para auxiliá-la em sua jornada, além de usar o poder da tinta para enfrentar seus inimigos.

Pois bem, Inkulinati segue uma ideia parecida: Usar um pincel para dar vida à objetos e animais em batalhas estratégicas por turno regrado de muita beleza e bom humor.

Jogo: Inkulinati

Desenvolvedora: Yaza Games

Publicadora: DAEDALIC Entertainment

Lançamento: 31 de dezembro de 2022

Número de jogadores: 2 jogadores (online)

Gênero: RPG estratégico

Plataformas: Switch, Xbox Series, Xbox One e PC

Extremamente original e divertido!

Uma das coisas mais legais no mundos dos vídeo games nos dias de hoje é a possibilidade de termos jogos indie dos mais diversos gêneros e diversidade. The Messenger é um game que se inspira em Ninja Gaiden e Shinobi. Hollow Night se inspira em Metroid, mas trazendo sua própria personalidade em batalhas acirradas com os chefes do game. Celeste consegue trazer um gameplay viciantes, com tema bem sério na qual o mundo vive hoje em dia: Depressão.

Inklinati é mais um game que possui personalidade própria alinhada à uma gameplay bem desenvolvida, com personagens estranhos, porém carismáticos e por vezes bem engraçados.

A ideia do game é que somos um membro de uma organização secreta da era medieval e temos que disputar grandes batalhas desenhando em pergaminhos nossas unidades de ataque e defesa, além de objetos e obstáculos para impedir o avanço inimigo, ou mesmo, destruindo os obstáculos adversários para prosseguirmos. A vitória é dada para aquele derrotar todos os inimigos no campo de batalha, ou simplesmente empurrar seus inimigos para fora da borda da folha!

Batalhas extremamente estratégicas!

Não se deixe enganar pelas belas figuras na tela, claro, todos são muito bonitos e tal, mesmo que os personagens sejam coelhos, doguinhos, gatos e outros seres que parecem ter saindo de algum livros dos “Senhor dos Anéis” ou “Harry Potter”. Mas aqui o que prevalece é a estratégia na hora da luta. É necessário pensar com atenção no posicionamento dos seus lutadores, pensar na hora de avançar ou mesmo passar o turno para o adversário para que no próximo você possa usar um objeto contra ele ou mesmo empurrá-lo para fora da folha.

Além de tudo isso, é importante saber o que cada arma pode fazer no campo de batalha. Vou dar um exemplo aqui pra você: Usar uma espada só é efetiva quando estiver perto do seu inimigo. Ela causa muito dano, mas é necessário está muito próximo do adversário. Um arco pode atingir à longa distância, porém seu poder de dano é baixo e a lança pode atingir até dois inimigos ao mesmo tempo, se estes estiverem um próximo do outro, mas vale lembrar que, se um personagem seu estiver perto do adversário, ele poderá ser atingido pela sua lança…

Já deu para perceber que no calor das batalhas, a estratégia fará parte constante em sua cabeça e você deverá ponderar a melhor opção para alcançar a vitória.

Bonito e engraçado!

Não tem como negar, Inkulinati apresenta um estilo artístico muito bonito, com um jeitão de “idade média”, mostrando objetos da época, casas, castelos, armas e armaduras… tudo isso em um estilo de desenho feito por pincel. Como eu posso dizer? Parece muito com vários desenhos da idade média que retratavam o cotidiano do povo europeu, desenhos que enfeitavam as capelas e igrejas na França e Itália. Enfim, são desenhos muito bonitos e carismáticos.

Junto disso, temos o bom humor, até porque não seria muito legal retratar fielmente as amarguras e as eras turvas que a idade média passou. Em Inkulinati as lutas, por mais estratégicas que sejam, possuem coisas engraçadas, como especiais de “Peido” que pode atordoar o adversário por até 2 turnos! Isso sem contar os vários comentários engraçados que o game tem. Vai por mim, você se pegará rindo de várias situações. Uma mais sem noção que a outra.

Por fim, é possível jogar online contra outro jogador em partidas muito acirradas e divertidas. Cada um precisando empurrar o outro para fora das folhas ou, coletando gotas de tinta que vire e mexe cai do pincel e que consegue alguns bônus para aquele que conseguir coleta-la.

VALE A PENA?

Os jogos indies são a válvula de escape para esse mar de mesmice que temos hoje em dia. Inkulinati é a mais perfeita à mostra disso. Ele mistura um estilo artístico e gráficos, simples porém bonito e cativante que gira em torno de sua jogabilidade, que a primeira vista, se mostra simples, mas que aos poucos exigirá mais do raciocínio do jogador em ponderar se vale atacar ou sacrificar algum soldado em prol da vitória.

Não é um game para todos, mas com certeza, todos que jogarem irão se divertir com ele.

Inkulinati | REVIEW

Gráficos - 80%
Jogabilidade - 70%
Diversão - 85%
Som - 70%
Dificuldade - 80%
Fator Replay - 80%

78%

User Rating: Be the first one !

Ricardo Dias

Apenas um gamer veterano que só quer saber de jogar qualquer game em qualquer console, pois vídeo game é tudo de bom!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo