Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..
DestaqueDicasNotícias

Alone In the Dark | Dicas para começar bem

Comece do jeito certo

Continua após a publicidade..

Se você vai se aventurar em Alone in the Dark e está procurando a melhor maneira de sobreviver, separamos algumas dicas que não vão deixar você sozinho no escuro! Vale ressaltar que as dicas abaixo independem de você estar jogando com Carnby ou Emily. Além disso, algumas delas pode ser feitas mesmo que você já esteja avançado no jogo.

Dito isso, vamos às dicas.

Ative as configurações

Ainda que isso interfira na ambientação imaginada do jogo, e faça o jogador mais hardcore ficar desconfiado, ajustar as configurações melhora muito o ato de explorar a mansão e principalmente encontrar colecionáveis durante nossa jogatina. A melhor maneira de configurar as opções é a seguinte:

  • Opções
    • Jogabilidade
      • Orientação ao Jogador – Moderno
      • Realce de texto
      • Destaque do mapa
      • Objetivos Dinâmicos
      • Revelar pontos de interação

Jogue com Carnby e Emily

Não existe um personagem correto para iniciar a história em Alone in the Dark. Jogar com Carnby ou Emily não tem nenhuma interferência na história, mas jogar com os dois é o ideal. Se você acompanhou nossa cobertura do jogo durante o desenvolvimento, notou que o jogo foi projetado para ser jogado em duas campanhas com os personagens.

Esse é o ideal, pois cada personagem tem interações únicas, seja com o ambiente ou com os NPCs, bem como até mesmo com os puzzles, resolvidos de maneiras diferentes. A segunda campanha difere da primeira, mas ainda se apega a detalhes da história principal. Além disso, se você quiser coletar todos os colecionáveis Lagniappe, você precisará jogar como ambos os protagonistas pelo menos uma vez.

Esquive dos inimigos

Ainda que não seja uma habilidade destacada no jogo, se esquivar faz toda a diferença no combate em Alone in the Dark. Essa é a melhor maneira de evitar levar dano e principalmente se afastar dos inimigos, principalmente quando temos alguns deles nos cercando. Ao se esquivar, você pode tanto criar o espaço necessário para atirar em um inimigo como correr dele.

Explore os locais mais de uma vez

Como todo bom jogo de terror/sobrevivência, voltaremos algumas vezes em alguns locais. Sempre que você retornar a um determinado local após uma memória, certifique-se de explorar novamente porque, na maioria das vezes, algo mudou, proporcionando possivelmente, um novo item. Isso pode ser portas recém-destrancadas, novos NPCs surgindo em certas salas, Lagniappe e pistas aparecendo em outras, e até mesmo soluções para quebra-cabeças que você não poderia resolver anteriormente.

Espingarda, quanto mais rápido você conseguir, melhor

Ainda que a pistola seja uma arma muito funcional para abater os inimigos, não ha nada mais prático que a espingarda. Quanto mais rápido você conseguir coletar essa arma, menos problemas você terá. Caso não saiba onde ela está, podemos encontrá-la em um armário de vidro na parede do Pequeno Parlor, ao norte da Biblioteca e a oeste do Conservatório, no Primeiro Andar.

Entretanto, por ser um item de extrema importância para o jogo, você precisará encontrar os três colecionáveis Lagniappe necessários para completar o conjunto de Crianças Perdidas: Carimbo de Borracha, Caneta Tinteiro e Colar de Cachorro. Todos os três são acessíveis a partir do Capítulo 2, quando você é liberado pela primeira vez para explorar a mansão Derceto livremente.

Para maiores detalhes, confira nossa dica de Como conseguir a espingarda em Alone in the Dark.

Colete todos os Lagniappe

Ainda que um item opcional, os Lagniappe devem ser coletados por dois motivos. O principal e que ele fornecem a possibilidade de receber recompensas, dentre essas recompensas temos a espingarda, que acabamos de mencionar acima. Além disso, é através desses itens que podemos conhecer os finais do jogo, além de receber outros itens e conhecimentos sobre a história do jogo.

Outro motivo, não tão importante, é que você só poderá platinar ou miletar o jogo recolhendo todos os Lagniappe.

Marcelo Souza

Apaixonado por jogos e consoles desde 1990. Quando não esta escrevendo em algum site de games, esta jogando ou ensinando o Felipe a jogar.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial